PUBLICIDADE
Jornal

Feitos e defeitos da Prefeitura

25/01/2019 06:33:52

Toda gestão tem seus feitos e seus defeitos. Natural haver limitações em determinadas áreas e virtudes em outras. O que vai definir o conceito da gestão é a média. Em Fortaleza, a Prefeitura tem áreas de excelência e suas imensas dificuldades noutras. Em comum, resultados diretamente proporcionais à disposição de enfrentar a agenda de problemas. Na manhã de hoje, às 9 horas, no Paço Municipal, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai anunciar o balanço de um programa que lhe oferece boas novas, o Fortaleza Competitiva.

Dentre os dados a serem apresentados, mais de 48 mil licenças emitidas no ano passado - 25% a mais ante o ano anterior. Ainda: o lançamento e cinco novos serviços do Fortaleza On-line: certidão de bairros, confinantes, logradouros, endereço e integrada. Tais certidões demoravam até 30 dias para serem emitidas, passando algumas por até 19 pessoas. Sim, quase 20. Quanto mais gente, mais custo para o contribuinte e mais riscos de corrupção. São obrigatoriamente gratuitas e assim permanecem. São quase 2 mil certidões/ano, numa conta que beira o R$1,5 milhão. Coletivas são assim. São convocadas para notícia boa.

Contudo, a vida real da Cidade tem mazelas persistentes. Em larga medida, por conta não necessariamente da falta de recursos, mas da incapacidade de dar as respostas. Para a grande maioria dos cidadãos, a expectativa é por um posto de saúde que atenda bem e logo, uma escola com aula e merenda boas, um ônibus confortável que não demore e uma cidade limpa. Cada perfil de contribuinte deseja uma Prefeitura diferente e, portanto, espera respostas para si. O que une os interesses é a certeza de que seus impostos estão valendo a pena.

Um dos retratos mais visíveis do silêncio das respostas ecoa das ocupações irregulares pela Cidade. Seja no subúrbio, onde fiscais enfrentam ameaças do crime para agirem, seja na manutenção precária dos espaços. A existência impune de flanelinhas é simbólica. Há a impressão de que a Prefeitura não tem disposição. Um exemplo para americano ver foi o projeto Cidade da Gente. Iniciativa com apoio da Fundação Bloomberg. No Dragão do Mar, com apoio da Hidracor, foi feito um teste, devidamente aprovado. Cores vibrantes pintadas no asfalto, novo mobiliário urbano, mesas e plantas, além de iluminação reforçada. Como corre em quase tudo o que é público, o caso deixou de ser case. Neste sábado, a propósito, um bloco sem aval do Município vai às ruas na área do Dragão, novamente.

SIMPEX ASSIM

Experiência adquirida

com shoppings

O anunciado projeto de um shopping no Eusébio, juntando Simpex, FCG PAR (Fernando Cirino Gurgel) e Normatel - informação postada pelo Blog da Coluna na última segunda-feira - deixa a Simpex bem na foto para tocar a operação. Victor Frota, sócio da empresa, disse à Coluna: "Com a experiência do Grand Shopping (Messejana), montamos uma boa equipe e hoje temos know how suficiente para tocarmos o shopping".

SÓ O MILHO

Conab começa a distribuir

estoques em fevereiro

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) anuncia para o dia 4 de fevereiro a primeira operação do ano para remoção de milho dos estoques do Governo Federal para atender pequenos pecuaristas. São 13,2 mil toneladas destinadas ao Norte e Nordeste. O segundo maior volume de estoques fica no Ceará. O milho está em armazéns localizados em municípios de Mato Grosso e será distribuído para unidades da Conab em Iguatu, Maracanaú, Russas, Sobral e Tauá, no Ceará, (4.620 t); Maceió e Palmeira dos Índios (AL), (1.700 t); Manaus (AM) e Boa Vista (RR), (700 t); Campo Maior, Parnaíba e Teresina (PI), (4.862 t) e Natal e João Câmara (RN), (1.400 t).

COMUNICAÇÃO

VSM investe no

digital e audiovisual

Pioneira em comunicação corporativa no Ceará, a VSM Comunicação comemora 30 anos de mercado. O M da VSM, o fundador Marcos André Borges, investe em nova estrutura dos serviços. Segundo ele, mirando mais na inteligência digital. Ele fala em "mensuração aprofundada de resultados". Aposta no Marketing de Conteúdo, com novo site e blog sobre temas da comunicação. Toca também projeto audiovisual. Terá entrevistas com personalidades do setor público e privado.

TAGS