PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Prova de exatas foi mais conteudista e homogênea, avaliam professores

| ENEM 2018 | No segundo dia de aplicação, 71,1% dos inscritos no Ceará, 233.629 pessoas, realizaram a prova. A taxa de ausência no Brasil foi de 28,9% (94.963)

12/11/2018 01:30:00
NULL
NULL (Foto: )

[FOTO1]

No segundo dia de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), questões contemplando conteúdos como matemática financeira e botânica, pouco abordados nas edições anteriores, surpreenderam. A mudança demonstra caráter mais homogêneo na prova, avaliam professores. Perfil mais conteudista, tendência crescente nos últimos anos, também foi observada. Ontem, quando as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias foram aplicadas, 71,1%(233.629) dos inscritos no Ceará compareceram. A taxa de ausência de 28,9% (94.963) acompanhou o percentual nacional, com 29,2% (1.610.681) dos inscritos ausentes.

[SAIBAMAIS] 

Conforme João Mendes, professor de matemática do Colégio Farias Brito, em geral, a prova apresentou questões variando de nível igual a superior com relação ao ano passado. "Muitas questões de resgate do Ensino Fundamental, com razão e proporção. Várias questões sobre tratamento da informação com gráficos e tabelas", analisa. "Também teve estatística e cálculo de medidas centrais, principalmente médias. Poucas questões complicadas mas que mantiveram o nível", avalia.

 

Segundo ele, em versões anteriores, apareciam questões simples de porcentagem, neste ano, aparecem mais problemas com juros composto. "Contrato de empréstimos usando juros compostos aplicando logaritmos, para avaliar antecipação de parcelas. O aluno tinha que optar pela melhor opção, com melhor rendimento. A gente ficou positivamente satisfeito com relação às questões de matemática financeira. Aumentou a frequência, é um assunto importante para quem está se preparando para a vida profissional", avalia.

 

Davis Posso, professor de biologia, destaca uma questão "fora da curva" contemplando botânica, tema considerado pouco abordado. "Tivemos questões que abordaram temáticas do cotidiano, o que é normal, com gráficos e tabelas. As questões foram, em um todo, bem conteudistas. Mostrando que o Enem vem cada vez mais favorecendo alunos que fazem estudo continuado. 

 

Distribuição das temáticas de forma mais homogênea e contemplando as áreas de conhecimento de cada tema, não concentrando em temas principais", considera.

 

Grazyele da Silva Nascimento, aluna do 3º ano da Escola de Ensino Médio (EEM) José de Alencar, avaliou a prova dentro do esperado. "Achei muito cansativo, mas era o que a gente já trabalhava nos simulados. Achei a de humanas mais fácil. A de hoje, a mais difícil foi a de ciências da natureza", disse. 

 

Números

 

119 Cidades do Ceará aplicaram a prova do Enem para 328.684 inscritos

ANA RUTE RAMIRES

TAGS