PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Governo quer atrair montadoras de carros elétricos

| Ceará | O secretário do Desenvolvimento Econômico do Estado, César Ribeiro, se reuniu com a direção da Nissan para apresentar os diferenciais competitivos do Estado

02/11/2018 01:30:00
NULL
NULL (Foto: )
[FOTO1]

O Governo do Ceará quer usar o seu potencial em energias eólica e solar para estimular a verticalização de outro setor considerado estratégico para o Estado: o automotivo. Ontem, o secretário do Desenvolvimento Econômico do Estado, César Ribeiro, reuniu-se com a direção da Nissan do Brasil Automóveis, em São Paulo, para apresentar os diferenciais competitivos do Estado.

 

"Na verdade, hoje, o grande interesse de algumas montadoras é produção de carros elétricos com energia alternativa e nós não temos essa regulação ainda. O Brasil ainda está caminhando, evoluindo para uma regulação mais efetiva na questão fiscal, de regulação, na própria cultura para carros elétricos, geração de energia alternativa. Isso é o principal foco deles. Mas é importante colocar o Ceará nesse radar para receber o investimento dessa envergadura", afirmou César.

 

A agenda com o diretor de Assuntos Externos e Governamentais da Nissan, Pedro O. Santos Bentancourt, é um desdobramento da missão organizada pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), no último mês, à Coreia do Sul e ao Japão. A interlocução foi intermediada pela vice-Presidência da empresa naquele País.

 

O secretário pondera que, embora a empresa tenha colocado de maneira bem objetiva que não há previsão de investimentos no curto prazo, houve uma sinalização muito positiva a respeito do panorama de cenário que o Ceará hoje apresenta para receber grandes investimentos. "Eles não tinham informação do que estava acontecendo, dos projetos que o Ceará vem recebendo, ficaram impressionados e colocaram o Ceará agora no radar".

 

Ele diz que além do potencial energético, o Estado tem condições favoráveis para receber investimentos desse porte, uma vez que possui no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp), a Zona de Processamento de Exportação (ZPE-CE) e o Porto do Pecém, que favorecem a fabricação e o escoamento da produção para o mercado nacional e internacional.

 

"Nós estamos tentando marcar no primeiro trimestre de 2019 uma visita deles aqui no Ceará com o governador Camilo (Santana-PT). É uma aproximação importante não somente na questão da montadora e para ver outros investimentos que possam ser feitos no Ceará. A visita foi boa. Novamente foi uma aproximação da relação que estamos começando a constituir com o grupo tanto Nissan, como Renault e Mitsubishi".

 

MISSÃO

Na missão, também estavam o presidente da ZPE-CE, Mário Lima, Thaíse Dutra, secretária da CZPE; Fujiyoshi Hirata, secretário da Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil. No Japão, o grupo foi recebido por Hiroaki Ishii, da Nissan Motor Corporation

 

Irna Cavalcante

TAGS