PUBLICIDADE
Jornal

Cruzeiros devem girar R$ 7,6 milhões na economia de Fortaleza

Sete embarcações, com capacidade para 14 mil passageiros, vão atracar no Porto do Mucuripe de fevereiro a abril de 2019

26/11/2018 01:30:00
NULL
NULL (Foto: )

[FOTO1]A temporada 2018/2019 de cruzeiros marítimos no circuito de grandes portos do Brasil teve início neste mês de novembro com o primeiro navio aportando em Salvador (BA). A Companhia Docas do Ceará, que administra o Porto do Mucuripe, revelou ao O POVO que sete embarcações aportarão em Fortaleza de fevereiro a abril do próximo ano.

O ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, destaca a oportunidade de faturamento para as cidades nesta temporada, já que a média de gasto de cada passageiro nas escalas é de R$ 515 por dia. A capacidade dos sete navios que vão chegar à Capital cearense é de mais de 14 mil passageiros. Levando em consideração a projeção de Lummertz, a movimentação na economia de Fortaleza deve ser em torno de R$ 7,6 milhões.

Para além do fator financeiro, o momento é de fidelizar o visitante, destaca o secretário de Turismo de Fortaleza, Régis Medeiros. "É importante para nossa economia a vinda desses turistas, mas não somente o dinheiro que eles gastam nessas visitas. Existe o fator de que, a partir do momento em que eles conhecem o nosso destino, se sentem convidadas a voltar em outro momento", diz.

Sete grandes transatlânticos estarão na costa brasileira oferecendo, juntos, 500 mil leitos em 133 roteiros com 585 escalas, valor 15% maior que o total contabilizado na última temporada, de acordo com levantamento da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia Brasil).

Destaque para o MSC Seaview, novo modelo de navio recém-inaugurado que tem capacidade para mais 6 mil pessoas entre passageiros e tripulantes.

Os portos das cidades como Rio de Janeiro, Santos (SP), Búzios (RJ), Salvador, Ilha Grande (RJ), Ilhabela (SP), Ilhéus (BA), Balneário Camboriú (SC), Portobelo-SC, Cabo Frio (RJ), Recife (PE), Angra dos Reis-RJ, Maceió (AL), Ubatuba (SP) também recebem cruzeiros nesta temporada.

A confirmação da vinda destes navios de grande porte é possível graças à entrega da obra de dragagem no Porto de Fortaleza, finalizado no último mês de agosto. O custo total do serviço foi de R$ 22 milhões. Depois da entrega da obra, empresa contratada pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA) realizou fiscalização que atestou que o resultado estava nos conformes, o que significa dizer que o terminal já pode receber embarcações de grande porte.

O relatório foi encaminhado à Diretoria de Hidrografia e Navegação (DNH) da Marinha do Brasil, para que autorizasse a profundidade dragada, determinando o calado do navio que estará apto a atracar no Porto de Fortaleza por meio de processo chamado batimetria.

O presidente da Docas do Ceará, César Pinheiro, afirma que a conclusão dos trabalhos trará grandes benefícios ao equipamento. "Com a existência desse novo berço, o Porto de Fortaleza ampliará sua capacidade operacional atraindo tanto navios comerciais de grande porte como os navios de cruzeiros marítimos", reforça.

Dos navios de maior porte, nesta temporada a MSC envia os cruzeiros Fantasia e Poesia ao Ceará. Os dois possuem capacidade para mais de 3 mil passageiros.

INTERESSE 

Quinta maior empresa marítima do mercado, a Costa Cruises afirmou que tem pretensão de incluir Fortaleza em suas rotas de transatlânticos. "Pode ser incluída no roteiro"

CRONOGRAMA 

Oceania Cruises Sirena - 5/2/2019

(capacidade para 684 passageiros)

Princess Cruises Royal Princess - 12/2/2019 (3.600)

Holland America Line Prinsendam - 03/3/2019 (835)

Holland America Line Veendam - 9/3/2019 (1.350)

MSC Poesia - 15/3/2019 (3.013)

MSC Fantasia - 19/3/2019 (3.900)

Princess Cruises Pacific Princess - 17/4/2019 (670)

SAMUEL PIMENTEL

TAGS