PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Posto de Fortaleza faz promoção e vende litro de gasolina por R$ 4,09

economia

20/08/2018 01:30:00
NULL
NULL (Foto: )

[FOTO1] 

Promoção em posto de combustíveis em Messejana, em Fortaleza, tem chamado a atenção dos condutores que passam pelo bairro. Localizado na rua Pergentino Maia, no cruzamento com a rua Coronel Dionísio Alencar, o estabelecimento de bandeira Shell está vendendo o litro de gasolina comum por apenas R$ 4,09, abaixo do valor médio praticado na Capital (R$ 4,30).

 

De acordo com frentistas do posto JP, a promoção começou há cerca de duas semanas e aumentou as vendas diárias de gasolina em cerca de 30%. Nos fins de semana, a procura é ainda maior. Antes da oferta, o estabelecimento estava comercializando o produto por R$ 4,27, uma diferença de R$ 0,18.

 

Em outros postos de combustíveis de Messejana, o litro da gasolina pode ser encontrado até R$ 4,40. É o caso de um posto também de bandeira Shell situado na rua Barão de Aquiraz, no cruzamento com a rua Gurgel do Amaral.

 

De acordo com o economista Alex Araújo, ao realizarem promoções, os empresários devem observar se os valores que optam por oferecer aos consumidores traz de fato o retorno dos lucros. Antes mesmo de comercializar a gasolina nos estabelecimentos, eles já a recebem com valores pré-estabelecidos pelas distribuidoras.

 

"Realizar promoções pode abrir disputa pela clientela local, a qual normalmente busca pelos menores preços. Hoje o custo do combustível que é repassado pelas distribuidoras não oferece o retorno que o comerciante espera, o lucro ainda é muito baixo", comenta.

 

Em Fortaleza, o último balanço da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), mostra que o preço médio do litro da gasolina comum em Fortaleza é de R$ 4,30. No entanto, nos 101 estabelecimentos pesquisados, o preço pode variar de R$ 4,24 a R$ 4,30, diferença de 1,5%.

 

No Ceará, o valor médio da gasolina comum é de R$ 4,30, mas pode ser encontrado pelo consumidor de R$ 4,24 a R$ 4,97, variação de 16,5%. Em todo o Estado, a ANP pesquisou 218 postos.

TAGS