PUBLICIDADE
Jornal
>

Venda de apartamento acumula alta de 6,7% na Grande Fortaleza

O resultado é referente aos dados registrados no mês de março

14/04/2018 01:30:00
NULL
NULL

[FOTO1]
A comercialização de unidades de apartamentos na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) cresceu 6,7% no acumulado de 2018 até março. Considerando o valor geral de vendas (VGV), em R$ 310 milhões, a alta foi de 8,7%. Ambos os crescimentos foram analisados em comparação a igual período do ano anterior.

 

Os resultados mostram a reação do setor imobiliário, quando em 2017 houve quedas de 26% e 24%, respectivamente nas vendas de unidades e no VGV na comparação como ano anterior. Além dos recuos de 28% e 21% em 2016 ante 2015.

 

Os dados são do Flash Imobiliário referente ao mês de março, divulgados pelo setor de Inteligência da Lopes Immobilis. Na análise apenas para o mês, em relação a igual período de 2017, observa-se queda na comercialização de residenciais verticais em 17%, e de 29% no valor geral de vendas, em igual período.

 

Considerando todos os tipos de imóveis, exceto o Minha Casa, Minha Vida (MCMV), houve retração de 15% nas vendas, em março de 2018 contra igual mês de 2017. No entanto, na mesma base de comparação, o VGV foi 28% maior.

 

No acumulado do ano até março, pequenas altas de 1% nas vendas e 3% no valor geral, em 2018. Apontam também volta dos resultados positivos, após quedas em 2017 e 2016.

Já as unidades do MCMV comercializadas em março de 2018 totalizaram 284 imóveis, com VGV de R$ 41 milhões. Os destaques ficaram para os municípios Eusébio (95 unidades) e Caucaia (57), e os bairros da Capital Maraponga (62), e Messejana (48).

 

No ranking de vendas das empresas parceiras da Lopes Immobilis, o primeiro lugar ficou com a Moura Dubeux, seguida pela Colmeia e a Intexi em terceiro lugar.

 

TAGS