PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Fortaleza terá voos para Londres, Madri e Joanesburgo; Latam nega

Anúncio oficial será feito no próximo dia 25. O POVO apurou informação com fonte ligada ao Governo do Estado

01:30 | 16/04/2018

Atualizada às 11h39min

 

A COMPANHIA também vai anunciar novos voos domésticos saindo de Fortaleza DIVULGAÇÃO
A COMPANHIA também vai anunciar novos voos domésticos saindo de Fortaleza DIVULGAÇÃO

Companhia aérea que já conta com um voo semanal de Fortaleza para Miami, nos Estados Unidos, a Latam anunciará no próximo dia 25 mais três rotas internacionais partindo do Aeroporto Internacional Pinto Martins, totalizando cinco para o Exterior. O POVO apurou com fonte do Governo do Estado que os novos destinos são Londres, Madri e Joanesburgo. Em julho, a empresa também terá voo para Orlando.

 

A companhia nega e diz que divulgará as informações no evento no Palácio da Abolição, em Fortaleza, para o anúncio das operações. A Latam também anunciará novos voos domésticos diretos. Entre os destinos, estariam Rio de Janeiro, para onde a empresa deixou de operar em fevereiro deste ano, e Florianópolis, além de outros.

Atualmente, a companhia conta com 32 voos domésticos diários no Aeroporto de Fortaleza, número que passará para 40 no primeiro ano de investimentos na Capital e 50 em dois anos. Quanto às rotas internacionais semanais, a quantidade de operações sairá de uma para cinco. A informação foi divulgada com exclusividade pelo O POVO na edição do último sábado, com base em informações do colunista Adriano Nogueira.

A decisão da Latam em anunciar novos voos diretos, tanto internacionais quanto domésticos, é uma reação ao hub aéreo da Airfrance-KLM/Gol, que será inaugurado em Fortaleza no próximo dia 3 de maio.

O movimento da companhia também seria o primeiro passo para a construção de um segundo hub no terminal cearense. A expectativa é que, gradativamente, a empresa vá anunciando mais voos, focando também em destinos da América Latina.

O Governo do Estado, que promoveu em junho de 2015 o evento “Todos Unidos pelo Hub no Ceará”, reunindo mais de mil representantes da sociedade cearense e unindo base aliada e oposição em prol do centro de conexões de voos da Latam, está feliz com a reação da companhia à concorrência.

Nos corredores do Palácio da Abolição e em secretarias do Governo, a avaliação é que a Latam está “correndo atrás do prejuízo”. A companhia, que sempre usou a crise econômica nacional para justificar o adiamento da escolha da capital nordestina (Fortaleza, Natal ou Recife) que sediaria seu hub, agora acordou. Percebeu que, com a chegada da concessionária alemã Fraport ao Pinto Martins, precisaria se movimentar. Principalmente agora, que o mercado da aviação no Brasil já retomou o crescimento.

No evento do dia 25, a Latam também divulgará seus planos para promoção e fomento do turismo no Ceará.

 

Confira a íntegra da nota da Latam: 

A Latam informa que não procedem as informações sobre novos destinos publicadas pelo jornal O POVO em 16 de abril de 2018, na reportagem com o título "Fortaleza terá voos da Latam para Londres, Madri e Joanesburgo".

A companhia reitera que apresentará as informações corretas sobre o seu pacote de novos voos domésticos e internacionais para Fortaleza durante evento programado para o dia 25 de abril de 2018. 

RAONE SARAIVA