PUBLICIDADE
Jornal
>

Retomada do emprego ainda será lenta

24/03/2018 01:30:00

O tom entre economistas é de cautela em relação à retomada de empregos. A recuperação do emprego segue, mas o processo está sujeito a solavancos e fevereiro foi um exemplo: as 61,1 mil vagas do mês frustraram economistas que previam 135 mil empregos. O desempenho ficou aquém até da pior previsão, que citava 90 mil vagas.


A economista-chefe da Rosenberg Associados, Thaís Zara, avalia que o resultado mensal aquém do esperado não pode ser considerado positivo, mas é prematuro falar em reversão da tendência.


O analista da Tendências Consultoria, Thiago Xavier, avalia que fevereiro mostra continuidade "moderada" da criação de empregos. Ele esperava 100 mil vagas, mas diz que a recuperação persiste.

Agência Estado

Gabrielle Zaranza

TAGS