PUBLICIDADE
Jornal
>

Empresa que fará projeto da roda-gigante em Fortaleza é escolhida

| PRAIA DE IRACEMA | O estudo será elaborado pela AmuseBr e concluído em cerca de 60 dias. A própria empresa poderá construir o equipamento turístico

26/03/2018 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

 

O projeto da roda-gigante para a Praia de Iracema, em Fortaleza, será elaborado pela AmuseBr. Após a execução do estudo de viabilidade econômico-financeiro, a empresa paulistana também poderá participar de nova licitação para tocar a obra, prevista para ser inaugurada no Réveillon de 2019/2020. O plano e a construção do equipamento turístico serão feitos com recursos da iniciativa privada e fazem parte das ações de requalificação do bairro, um dos principais cartões-postais da Capital.

 

De acordo com o edital de chamamento público, do qual participou e venceu a AmuseBr, o projeto custará até R$ 2,98 milhões, montante já divulgado pelo O POVO na edição do último dia 17 de fevereiro. Como ressarcimento, a vencedora da concessão vai pagar, no máximo, R$ 2,98 milhões ao projetista da roda-gigante, conforme prevê o documento.


“Este é um investimento 100% privado que integra um conjunto de ações de revitalização da Praia de Iracema. O ponto de origem disso é o espigão da rua João Cordeiro. Assim, vamos conseguir atrair mais famílias e negócios ao local, ajudando a impulsionar a nossa economia. E a roda-gigante é uma importante âncora, a cereja do bolo dessa revitalização”, afirma o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio.

 

O projeto da roda-gigante, que será semelhante à London Eye (Olho de Londres), deverá ser finalizado em cerca de dois meses. Além do valor necessário à execução da obra, o estudo da AmuseBr deverá conter informações referentes à instalação, gestão e manutenção do equipamento. Fluxo de visitantes e valores de ingressos, por exemplo, entram no estudo.

 

“A empresa escolhida cumpre todas as exigências do edital. A autorização para a elaboração do projeto já foi publicada no Diário Oficial do Município. Nesta semana, vamos nos reunir com representantes da empresa que fará os estudos, para definir cronograma e escopo do trabalho. Queremos, em torno de 60 dias, já fazer uma nova licitação, para a construção da roda-gigante”, diz o secretário de governo da Prefeitura, Samuel Dias.


Segundo ele, a expectativa é que as obras sejam iniciadas no segundo semestre deste ano. E lembra que a própria AmuseBr, com expertise em projetos ligados à área de lazer e entretenimento, poderá fazer os serviços.


“Reforçamos que esse é um projeto patrocinado pela iniciativa privada e não tem nenhum recurso da Prefeitura envolvido. O que fazemos é acompanhar o processo para garantir os interesses relativos às concessões dos espaços públicos”, acrescenta o secretário.

 

VALOR DO ESTUDO


O projeto que será feito pela AmuseBr deverá custar até R$ 2,98 milhões, recurso que virá da iniciativa privada. A construção do equipamento também não prevê recursos públicos

 

ATUAÇÃO

SOBRE A AMUSEBR


A AmuseBR está sediada na cidade de São Paulo, no bairro Jardim Paulistano e conta com um time de dez profissionais que atuam em áreas como marketing e marcas, produção industrial, arquitetura e urbanismo, design e engenharia civil.


A empresa oferece uma plataforma de criação, gestão e operação de empreendimentos planejados para os principais centros de turismo e entretenimento do Brasil.


No portfólio da companhia, estão equipamentos como rodas-gigantes, parques de diversão, parques temáticos, aquários, observatórios, tirolesas e eco-rides, arenas multiuso, boat rides e eventos.


Além da roda-gigante de Fortaleza, entre seus atuais projetos, estão o Roda Rio, no Rio de Janeiro, SPi360 e Gigante São Paulo, ambos na capital paulista.


OUTRAS INTERVENÇÕES NA ORLA

 

38 quiosques de serviços leves de comida e bebida

 

Três pavilhões de múltiplos usos

Uma casa do turista

 

Sete unidades de caramanchões

 

Duas pistas de cooper em pedra cariri com 2,6 km de extensão e três metros de largura


Nove passagens elevadas


Um anfiteatro


Um skate parque


Dez pátios de areia


Uma plataforma mirante


Quadras de hockey e vôlei


2,6 km de ciclovia em asfalto


66.704,38 m² de passeio e calçadas


13.373,40 m² de piso tátil


Espaços de convivência


Assentos


Fitness e playground


LOCALIZAÇÃO


ESTRUTURA


A roda-gigante, que deverá ser batizada de “Os Óio de Iracema”, funcionará no espigão da rua João Cordeiro, na Praia de Iracema.


Com previsão para ser inaugurada no Réveillon de 2019/2020, a roda-gigante deverá contar com cerca de 100 metros de diâmetro e aproximadamente 24 cabines rotativas com 30 metros quadrados cada uma.


Prevê uso de energia limpa, de modo que o projeto seja autossuficiente energeticamente.


Além da roda-gigante, estão previstos equipamentos acessórios na Praia de Iracema, como café e heliponto, para servir de observatório da orla.

Raone Saraiva

TAGS