PUBLICIDADE
Jornal
>

Setores podem ser impactados com desabastecimento de combustíveis

27/01/2018 01:30:00

O presidente do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Ceará (Sindipostos-CE), Manuel Novaes, diz que a demora na entrega dos produtos no Estado é recorrente. Com isso, setores como o da aviação também devem sentir o impacto nas operações.


“Ainda mais em cenário de aumento de demanda. Com os novos voos do hub da Air France/ KLM, a partir de maio, a procura vai crescer. Com a transferência em dia, que ocorreria em seis anos, já não daria tempo. Mas agora ficou sem previsão alguma”, afirma Lorena Torres, especialista em Direito Ambiental, que estuda o caso.


Ela diz que, no Mucuripe, já ficou provado que o risco à segurança ambiental não é o que mais se sobressai, uma vez que adequações protetivas poderiam minimizar impactos. Porém, a limitação do espaço para expansão continua um problema.


Diante dos novos desdobramentos, a comissão da OAB deve promover audiência pública para debater a questão antes de fevereiro. Rachel Philomeno, da OAB-CE, explica que não há dúvidas de que a capacidade de instalação e operação das empresas no Cipp será melhor que a estrutura que existe hoje no Mucuripe. “E as próprias empresas concordam com isso. O questionamento é sobre a forma como está sendo feito”, afirmou.


Pondera que é preciso estudos que sustentem a transferência e ofereça uma alternativa até que o novo parque de tancagem fique pronto. O especialista Bruno Iughetti acrescenta que mesmo que o edital seja liberado é importante que as empresas sejam autorizadas a fazer a adequação no parque existente.

 

Gabrielle Zaranza

TAGS