PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

M. Dias Branco é a maior e melhor empresa do Ceará

Este ano, 50 premiações foram concedidas por boas práticas de gestão, na 17ª edição do Prêmio Delmiro Gouveia

01:30 | 08/12/2017
As 20 maiores empresas do Ceará foram reconhecidas ontem em evento no Hotel Gran Marquise AURÉLIO ALVES/ESPECIAL PARA O POVO
As 20 maiores empresas do Ceará foram reconhecidas ontem em evento no Hotel Gran Marquise AURÉLIO ALVES/ESPECIAL PARA O POVO

Pelo sexto ano consecutivo, a M. Dias Branco é eleita a maior empresa do Ceará pelo Prêmio Delmiro Gouveia, promovido pela Fundação Demócrito Rocha (FDR) e o Grupo de Comunicação O POVO. Em sua 17ª edição, a cerimônia, que reuniu no Hotel Gran Marquise grandes nomes do mercado cearense, concedeu 50 premiações por boas práticas de gestão, tanto no desempenho econômico-financeiro, quanto no social. Dentre os critérios de avaliação, estão vendas líquidas, patrimônio líquido, ativo total ajustado e ações sociais.

Em seu discurso, a presidente do Grupo de Comunicação O POVO, Luciana Dummar, destacou que o Brasil “não foi feito para amadores” e que o prêmio é um momento para celebrar desafios e oportunidades. “Falo em desafios e oportunidades porque essa é a melhor forma de encararmos dificuldades e obstáculos. Com esperança. Aliás, esperança e inovação. Essas são as palavras chaves para nossa reflexão”.

Na categoria das 20 Maiores Empresas, o ranking foi liderado pela M.

Dias Branco. Em seguida, aparecem a Solar BR Participações S.A e a Pague Menos. Para o vice-presidente de Investimentos e Controladoria do Grupo M. Dias Branco, Geraldo Luciano, inovar, aperfeiçoar a gestão e colocar o cliente em primeiro lugar foram práticas que fizeram com que a empresa mantivesse resultados satisfatórios dentro da realidade do mercado e das dificuldades enfrentadas pelo País. “O fundamental é que a empresa está voltada a atender o consumidor”.

A Cearáportos, que este ano ampliou em 45% a movimentação de cargas no Porto do Pecém, venceu na categoria melhor desempenho econômico-financeiro para empresas acima de R$ 90 milhões. Já entre as com melhor desempenho econômico-financeiro até R$ 90 milhões, o primeiro lugar ficou com a FF Agropecuária e Empreendimentos S/A.

&nsbp;

O diretor-presidente da Cearáportos, Danilo Serpa, explica que o Porto do Pecém esta vivendo um novo momento de expansão e investimentos. “O prêmio é o reconhecimento deste trabalho”. A assessora jurídica da FF Agropecuária, Manoela Leão, diz que é uma honra poder contribuir para o desenvolvimento do Estado. “Hoje em dia é muito difícil fazer negócios, ainda mais em bases sustentáveis”.

Entre as empresas com melhor desempenho social, as grandes vencedoras foram Unimed Fortaleza (categoria acima de R$ 90 milhões) e a Guanabara Express Transporte de Cargas S/A (categoria até R$ 90 milhões).

A superintendente de gestão e planejamento empresarial da Unimed Fortaleza, Fátima Santana, explica que investir em ações de sustentabilidade fazem parte do desenvolvimento estratégico da empresa. Para a diretora executiva da Guanabara Express, Hildeanne Laurindo, transparência e o zelo pela boa equipe são práticas que fazem a diferença.

 

IRNA CAVALCANTE