PUBLICIDADE
Jornal
>

Governo do Ceará prevê 1,2 bi de empréstimos para 2018

18/12/2017 01:30:00

Para 2018, o secretário da Fazenda do Ceará, Mauro Filho, adianta que são previstos empréstimos no valor de R$ 1,2 bilhão, com o Banco Mundial e outras instituições. O dinheiro é para investir nas áreas de recursos hídricos, segurança pública, combate à pobreza e no Programa de Apoio à Gestão e Integração dos Fiscos no Brasil (Profisco), linha de crédito condicional do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). “Todos estão em processo de negociação e devem ser liberados lá para maio de 2018”, destaca o secretário.

[QUOTE1]

Mauro Filho diz que o Ceará, que hoje é o Estado com maior volume de investimentos no País, vai aumentar o o montante de R$ 2,1 bilhões para R$ 4 bilhões. O aumento faz parte do programa Ceará Veloz, lançado pelo governo no início deste mês e que vai desenvolver uma série de ações para acelerar crescimento econômico do Estado.“As contas estaduais estão preparadas para aumentar o investimento. Vamos ter mais receitas, em arrecadação e operações de crédito, que nos permitem fazer esse aporte maior”, afirma.


Contas de 2017


O secretário diz que as contas de 2017 do Ceará ainda não estão fechadas. Mas informa que a arredação do Fundo de Participação dos Estados (FPE) teve queda nominal de 1,71%, em relação a novembro de 2016.


Quanto ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias de Serviços (ICMS), afirma que deve crescer 6%. “Mas temos que ter cautela, porque há uma previsão de crescimento de 6,8% das despesas.

Então, temos que adotar medidas para controlar e manter o equilíbrio financeiro”, avalia Mauro Filho. A previsão para 2018 é que a arrecadação cresça 7%.

Adriano Nogueira

TAGS