PUBLICIDADE
Jornal
>

Especial Delmiro marca a força do impresso

O POVO publica amanhã conteúdo com 36 páginas sobre a 17ª edição do Delmiro Gouveia, abordando o tema "Um Prêmio sobre o futuro"

20/12/2017 01:30:00
NULL
NULL

[FOTO1]
O caderno especial Delmiro Gouveia “Um Prêmio sobre o futuro” será publicado amanhã e marca a força do jornal impresso. Em sua 17ª edição, a comenda vem, desde 2001, premiando as maiores empresas do Ceará em desempenho econômico, financeiro e social.

 

Neste ano, a cerimônia para homenagear o empreendedorismo no Estado ocorreu no dia 7 de dezembro, em almoço no Hotel Gran Marquise. Para marcar a importância do Prêmio e das empresas, para o desenvolvimento industrial e comercial do Estado, O POVO publica conteúdo especial.


Cliff Villar, diretor de Marketing do Grupo de Comunicação O POVO, frisa que trazer o Delmiro de volta para as páginas do jornal é uma ressignificação do Prêmio, no momento em que O POVO está prestes a completar 90 anos, em 7 de janeiro de 2018.


“Saímos da revista e voltamos para o local de origem, ao jornal, símbolo de vigor”, afirma. A partir de 2001, a homenagem era publicada no impresso. Em 2006, houve lançamento do produto revista e, neste ano, volta para as páginas do jornal.


Jocélio Leal, editor-geral do Caderno Delmiro Gouveia, diz que o resultado do Prêmio espelha a conjuntura econômica cearense e suas perspectivas, na medida em que é no setor privado onde se obtém o melhor termômetro. Sobre o especial, ele destaca os artigos do cearense Mansueto Almeida, secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, do economista Célio Fernando Bezerra Melo e do Inovador-chefe do Hubine, Eduardo Gaspar.

Edição


O Caderno Especial Delmiro Gouveia aborda, em 36 páginas, as perspectivas para o Ceará e para o Brasil, com textos de opinião, entrevista e matérias, como a que retrata os hubs no Estado. Beatriz Cavalcante, editora-executiva da publicação, acrescenta que o conteúdo também traz presente, passado e futuro das empresas vencedoras e matérias sobre Caucaia, Maracanaú, São Gonçalo do Amarante e Eusébio, onde a maioria das empresas agraciadas impactam na geração de emprego e renda. 

TAGS