PUBLICIDADE
Jornal

Empresa quer construir hotel próximo ao Aeroporto

Representantes da rede holandesa de hotéis Van der Valk participaram ontem da oficialização do hub da Air France-KLM/Gol, em Fortaleza

31/10/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

A chegada do hub da Air France-KLM/Gol a Fortaleza já está atraindo olhares de investidores internacionais do setor hoteleiro. Ontem, representantes da rede holandesa de hotéis Van der Valk participaram de evento na Capital para a oficialização do centro de conexões de voos. A empresa iniciou as negociações para construir um hotel próximo ou na própria área do Aeroporto Internacional Pinto Martins.


“Vamos marcar reuniões com a Prefeitura de Fortaleza, o Governo do Ceará e a Fraport (concessionária do aeroporto)”, disse o diretor comercial da Van der Valk no Brasil, Junior Dias. “Se tivermos êxito nas negociações, desejamos iniciar a construção no segundo semestre de 2018”, afirma, informando que o empreendimento seria voltado tanto para o turismo de negócios como de lazer.


“Nosso público-alvo seria europeus, principalmente holandeses e franceses, porque somos uma rede de hotéis bastante conhecida na Europa”, observa. O empreendimento teria, no mínimo, 250 quartos e estaria incluído na categoria quatro estrelas plus, uma classe que fica entre quatro e cinco estrelas.


“Estamos tentando marcar uma reunião ainda no fim da tarde de hoje (ontem), com o prefeito (Roberto Cláudio) e o governador (Camilo Santana), para apresentar nossa intenção em construir o hotel, que ficaria próximo ou dentro da área que pertence ao Aeroporto de Fortaleza. Neste caso, teríamos que conversar em breve com a Fraport”, observa o executivo.


De acordo com ele, atualmente, os hotéis que vêm sendo construídos pela Van der Valk recebem investimento médio aproximado de € 30 milhões, o equivalente a R$ 115 milhões.


Outras negociações

“Em breve, estaremos inaugurando um hotel em Gante, na Bélgica, e o total do nosso investimento vai ser de € 45 milhões, também na categoria quatro estrelas plus”, explica Junior, destacando ainda que a empresa pretende mediar negociação entre uma companhia holandesa e o Governo estadual, visando à fabricação de ônibus elétricos na Zona de Processamento de Exportação (ZPE) Ceará. “Estamos vendo também esse outro investimento no Porto do Pecém”, reforça.

 

O POVO contatou as assessorias de imprensa do Governo do Ceará e da Prefeitura de Fortaleza. Representantes da Van der Valk já se reuniram, ontem, com o prefeito Roberto Cláudio (PDT). Hoje, têm encontro com a secretária de Urbanismo e Meio Ambiente do Município, Águeda Muniz. Os investidores ainda não tiveram reunião com o governador Camilo Santana (PT).

 

Raone Saraiva

TAGS