PUBLICIDADE
Jornal

Cinco empresas se beneficiam da aceleradora Casa Azul

21/10/2017 01:30:00

A Casa Azul, aceleradora de startups formada pelo Grupo O POVO de Comunicação e a EloGroup, também participa do Empreender 2017. O diretor executivo da Casa Azul, Raphael Gonçalves, destaca que cinco empresas já estão recebendo benefícios, alavancas para fazer com que os negócios cresçam rapidamente. E para manter o modelo sustentável da aceleradora, busca startups que já estejam funcionando no eixo Rio de Janeiro-São Paulo, para ao Ceará em parceria.


"Já estamos negociando com dez empresas e, até a metade do ano de 2018, devemos trazer três empresas", adianta. Ele informa que o modelo de aceleração da Casa Azul é um pouco diferente dos padrões. "Por isso, a gente fala que é um jeito diferente de acelerar startups. O nosso processo demora dois anos, em média", explica. "Não aportamos nenhum recurso financeiro direto, mas damos alavancas de negócios". Como exemplo, cita que cada startup que entra na Casa Azul tem uma mentoria e recebe um orçamento de mídia (budget) para usar nos veículos de comunicação do O POVO.


As statups da Casa Azul são: Casa da Cegonha, Chatbotmaker, Urbis, Mercadapp, Bora2Brasil. São cinco áreas de atuação: nova geração de mídia (marketplace, novas formas de conteúdo, e-commerce etc), tecnologia de mídia (games, realidade virtual etc), plataformas de consumo, bigdata e Internet das Coisas.

 

Adriano Nogueira

TAGS