PUBLICIDADE
Jornal

Casa Azul deve chegar a 10 startups

30/10/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

Criada há cinco meses, a Casa Azul Ventures, aceleradora de startups do grupo de Comunicação O POVO, em parceria com a empresa de consultoria Elogruop, deve chegar ao final deste ano com dez startups.

Hoje são cinco empresas que já usufruem de mentoria para chegar de forma mais eficiente ao mercado e os resultados chamam atenção: a maioria destas empresas, em menos de cinco meses, duplicaram a quantidade de usuários e ampliaram a participação de mercado.


O case de inovação da aceleradora foi um dos destaques da Feira do Conhecimento, promovida pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), no Centro de Eventos do Ceará.


Durante a mesa-redonda que teve como tema “Empreender no Ceará – O desafio de 5 startups e o case Casa Azul”, o diretor geral da Fundação Demócrito Rocha (FDR) e representante do Grupo de Comunicação O POVO na aceleradora de startups Casa Azul Ventures, Marcos Tardin, explicou como funciona uma aceleradora e o que pode oferecer para quem está começando.


“Na Casa Azul, o grupo de Comunicação O POVO e a Elogroup entram com todas as suas alavancas de marketing, mídia e mentoria para ajudar no processo de aceleração destas startups. Além da questão da orientação sobre diversos aspectos para que elas possam ter uma experiência intensa para entrar no mercado”, afirmou Tardin.


As startups da Casa Azul são: Caixa da Cegonha, Chatbotmaker, Urbis, Mercadapp, Bora2Brasil.

Adriano Nogueira

TAGS