PUBLICIDADE
Jornal

96 acordos entre Brasil e Europa são fechados no Ceará

Fortaleza recebeu missão da União Europeia (UE) com foco em energias renováveis (fotovoltaica, biomassa, eólica)

07/10/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

O oitavo encontro da Low Carbon Business Action in Brazil (LCBAB) - Missão de Matchmaking em Energias Renováveis - fotovoltaica, biomassa, eólica -, foi encerrado ontem em Fortaleza com 96 acordos de cooperação e parcerias assinados entre empresas brasileiras e da União Europeia (UE). O Ceará foi representado por duas empresas. O Low Carbon Bussiness é um programa da UE de incentivo à realização de negócios para redução das emissões de carbono.


“Nunca tivemos um resultado como este”, comenta o especialista Sênior em Comunicação e Matchmaking, Gustavo Arnizaut. Adianta Em uma segunda fase, que começou no segundo semestre deste ano, a LCBAB prestará assistência técnica para o desenvolvimento dos 80 melhores Acordos de Cooperação e Parceria fechados em 2016-2017, com auxílio de 30 a 70 mil euros por parceria firmada.


Ao todo, nestes encontros, foram firmados 476 acordos de cooperação entre os participantes. Em novembro, ocorrerá a última missão do programa, que tratará sobre Gestão de Resíduos Sólidos e Agricultura de Baixo Carbono. Dos projetos que estão sendo avaliados serão escolhidos os 80 com melhores indicadores de impacto ambiental, social e de inovação, que tenham viabilidade econômica para empréstimo.


A missão empresarial em Fortaleza, na última terça-feira, realizou várias rodadas de negócios com as 45 pequenas e médias empresas (PMEs) participantes - 29 brasileiras e 16 europeias - que atuam na área. A programação incluiu ainda visitas à feira All About Energy. Durante as rodadas de negócios, que ocorreram no hotel Gran Marquise, empresários trocam conhecimentos.


O Ceará foi escolhido porque vem se firmando como um importante polo na geração de energia renovável, com condições favoráveis para as tecnologias eólica e solar. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Estado do Ceará possui 67,24% do total da potência solar outorgada no Brasil. Também ocupa a segunda posição na lista de geração eólica, com participação de 23,38%, atrás apenas do Rio Grande do Norte.

 

TAGS
NULL