PUBLICIDADE
Jornal

Redução do desemprego contribuiu

02/09/2017 01:30:00

A redução do desemprego, que recuou pelo quarto mês consecutivo para 12,8% no trimestre encerrado em julho, dentre outros indicadores macroeconômicos, contribuiu para esse crescimento do consumo das famílias.


“Sobre o desemprego, é importante ressaltar que, apesar da queda, a taxa ainda permanece muito alta, com mais de 13 milhões de desempregados. Além disso, dentre os empregados no setor privado, os empregos sem carteira estão aumentando, diferentemente dos com carteira, que estão diminuindo”, comenta o economista Marcelo Grillo Balassiano.De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) a população desocupada (13,3 milhões de pessoas) caiu 5,1% (menos 721 mil pessoas) frente ao trimestre anterior e cresceu 12,5% (mais 1,5 milhão de pessoas) no confronto com igual trimestre de 2016. Ainda segundo a pesquisa do IBGE, o número de empregados com carteira de trabalho assinada (33,3 milhões de pessoas) manteve-se estável frente ao trimestre anterior, mas caiu 2,9% frente ao mesmo trimestre do ano anterior (- 1,0 milhão de pessoas).

Artumira Dutra

Adriano Nogueira

TAGS