PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Ministro descarta privatização da Infraero

01:30 | 14/09/2017

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, voltou a negar que o governo pretenda privatizar a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

“Não há, nem nunca houve nenhuma proposta para privatização da Infraero”, disse Quintella, em audiência realizada ontem na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados. “A Infraero é uma empresa que tem 44 anos. Por mais que se façam concessões de aeroportos, cidades vão crescer, novas necessidades de aeroportos vão surgir, e é fundamental que a Infraero esteja presente na vida do nosso País”, aponta.

No início de agosto, o ministro disse, em audiência no Senado, que a Infraero não seria privatizada, mas não descartou a hipótese de venda de mais de 50% da empresa. Na ocasião, Quintella argumentou que a Infraero ganharia mais flexibilidade administrativa, “pois suas compras não ficariam atreladas às regras da Lei nº 8.666, que trata das licitações no setor público”.

Agência Brasil