PUBLICIDADE
Jornal

Não há melhora no orçamento

05/08/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

"Sinceramente não vejo essa queda de preços que a pesquisa aponta", afirma a professora universitária Maria Lurdemiler Mota. Ela adianta que no setor de frutas e verduras, principalmente, não observa preços mais baixos.


Para lidar com essa situação conta que faz pesquisa, verificando os preços de mais de um supermercado e vai aos estabelecimentos nos dias de promoções. Apesar de reconhecer que os preços do feijão, da cebola e de alguns outros produtos recuram um pouco afirma que essas reduções não causam impacto no bolso. "Além de pesquisar e vir somente nos dias de oferta, só compro o necessário para me manter dentro do orçamento", conclui.

Adriano Nogueira

TAGS