PUBLICIDADE
Jornal

Remoção de agravo deve encerrar disputa

14/06/2017 01:30:00

A remoção do agravo do procurador Gleydson Alexandre, do Ministério Público de Contas (MPC) do Ceará, pode encerrar a disputa sobre a legalidade das obras da Linha Leste do Metrofor de Fortaleza. A expectativa é que o recurso seja retirado até a próxima semana.


O POVO apurou que três decisões do pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE) são ventiladas. A primeira delas é a espanhola Acciona assumir as obras do Metrofor; a segunda, a Marquise como parceira da Acciona. Por fim, a possibilidade de uma nova licitação com novas empresas.


Itacir Todero, conselheiro substituto do Tribunal de Contas do Estado, afirma que recebeu nos últimos dias advogados da Cetenco (ex-integrante do consórcio com a Acciona), a Acciona, além do procurador Gleydson Alexandre. “Recebemos as partes interessadas. Mas só darei continuidade após a remoção do agravo. Ainda não fui comunicado oficialmente. A partir daí é que teremos condições de julgamento”, explica. Ele afirma não haver prazo para julgar o processo.


Além da resolução do imbróglio, para a retomada das obras, é necessária a liberação de recursos da ordem de R$ 2 bilhões ( R$ 1 bi do BNDES, R$ 1 bi do Governo Federal). A contrapartida estadual é de R$ 200 milhões.

Adriano Nogueira

TAGS