PUBLICIDADE
Jornal

CSP recebe Licença de Operação

07/06/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

A Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) recebeu a Licença de Operação (LO) nº 102/107. Emitida pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), a liberação atesta que, nos últimos oito anos, a empresa cumpriu todos os compromissos assumidos desde a fase de construção e testes até o comissionamento.


De acordo com o presidente da CSP, a licença reforça o compromisso da siderúrgica com o meio ambiente. “Os empregados da CSP seguem trabalhando constantemente para manter a credibilidade durante todo o ciclo de vida das atividades da CSP, buscando o desenvolvimento sustentável da região onde atuamos”, disse.


A CSP é a primeira siderúrgica integrada do Nordeste, com investimento aproximado de R$ 1 bilhão em equipamentos ambientais, gerenciamento de resíduos e no controle e monitoramento das emissões atmosféricas e do lançamento de efluentes.


Como resultado, a companhia tem um nível de emissões atmosféricas 50% menor que o estabelecido na legislação ambiental brasileira e uma taxa de aproximadamente 98% de reuso de água. Outro resultado é o nível de reaproveitamento de resíduos sólidos na usina, da ordem de 99%. Além disso, são aportados R$ 3 milhões por ano em monitoramento ambiental.


Para a construção da siderúrgica foram investidos US$ 5,4 bilhões (R$ 17,6 bilhões). Em 2017, a CSP projeta R$ 520 milhões em compras com fornecedores locais. O valor é mais que o contratado em 2016, quando a cifra chegou a R$ 254 milhões. A siderúrgica movimenta mais de 8 milhões de toneladas de matérias-primas por ano. A demanda interna é de 1 milhão de toneladas ao ano.

 

Adriano Nogueira

TAGS