PUBLICIDADE
Jornal

29,1% têm dívida maior

07/06/2017 01:30:00

O cenário das empresas de transporte urbano é o de que 29,1% delas possuem dívidas superiores a 40% do faturamento anual. O dado é de pesquisa contratada pela Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) ao Instituto FSB Pesquisa. O estudo aponta que o endividamento médio do setor é de 33% do faturamento anual.


O presidente da NTU, Otávio Cunha, afirma que a situação expõe uma crise que já está comprometendo o serviço oferecido aos usuários do sistema de transporte público urbano no País.


Ainda de acordo com a pesquisa, 67,6% das empresas possuem algum tipo de dívida e 36,9% possuem dívidas tributárias com a União. Três de cada dez possuem dívidas com a Previdência Social e 28,4% estão em algum programa de recuperação fiscal federal (Refis). Entre as empresas entrevistadas 31,5% têm planos de aderir ao novo Refis.


Dimas Barreira, presidente do Sindiônibus, sindicato que possui 19 empresas associadas diz que o problema maior em Fortaleza é o endividamento bancário. “Não tem empresa em situação irregular a ponto de fechar não. Das 19 empresas, cinco ou seis não têm dívidas”. (Beatriz Cavalcante)

 

Adriano Nogueira

TAGS