PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

WannaCry no Brasil e no Mundo

01:30 | 13/05/2017

A Rússia foi um dos países mais afetados com os ataques cibernéticos de ontem, apesar dos primeiros sinais de ataques terem surgido na Espanha. Até a noite de ontem cerca de 99 países foram atingidos conforme a Avast Software, que contabilizou mais de 57 mil amostras.

Uma porta-voz do Ministério do Interior russo confirmou que o país sofreu o ataque contra cerca de mil computadores, mas que as máquinas do próprio Ministério do Interior não haviam sido afetadas.

Dezesseis hospitais e clínicas britânicos foram atingidos e tiveram de cancelar consultas e desviar ambulâncias, por causa do ataque cibernético. Médicos voltaram a usar papel e caneta.O Centro Médico Presbiteriano de Hollywood pagou recompensa de US$ 17 mil (cerca R$ 68 mil) para criminosos fornecerem chave para restaurar os dados.

No Brasil, dentre as empresas afetadas estão a sede brasileira da Telefônica/Vivo, em São Paulo, a Petrobras, o Tribunal de Justiça de São Paulo, o Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo e o Ministério Público do Estado de São Paulo, que retiraram seus sites do ar.

Em âmbito federal, o Serpro, empresa de TI que presta serviços para o Governo Federal, informou que não registrou nenhum tipo de ataque à sua rede, mas que já acionou um plano de contingência para evitar problemas. O POVO acessou os sites das empresas e órgãos às 22h45min de ontem e as páginas já tinham voltado ao ar. (Beatriz Cavalcante, com Agência Estado)