PUBLICIDADE
Jornal

Tempo x dinheiro

10/04/2017 01:30:00

O filme O preço do amanhã traz a discussão sobre dinheiro e tempo. Faz as pessoas refletirem sobre o quanto da vida elas trocam por dinheiro.O filme trata de uma sociedade em que tudo que é consumido é descontado do tempo que lhe resta de vida. Para o professor, pode-se aplicar a lição do filme fazendo o cálculo do quanto vale sua hora de trabalho.


“Você pega o salário líquido e divide por 220 horas. Isso é quanto uma hora de trabalho sua vale. Se o que você vai comprar vai te consumir 50 horas, vale a pena mesmo? É lógico que essa é uma conta perversa, não adianta ficar calculando sempre para tudo, mas é válido refletir de vez em quando sobre”, diz. Afinal, o equilíbrio financeiro também passa pelo equilíbrio emocional.


Os delírios de consumo de Becky Bloom é outra indicação de Érico. O filme trata de compulsão por consumo. “Você aprende que gestão financeira familiar é muito mais comportamental do que técnica. Você vai encontrar pessoas que nunca fizeram curso de finanças e são excelentes gestoras financeiras familiares e quem já fez e são péssimos nisso”. (Beatriz Cavalcante)

Adriano Nogueira

TAGS