PUBLICIDADE
Jornal
Eleição no Senado

Tasso e Eduardo Girão exibem seus votos

Dois dos três senadores da bancada cearense exibiram seus votos ontem durante a escolha do presidente do Senado. Tasso Jereissati (PSDB) e Eduardo Girão (Podemos) declararam ter votado em Davi Alcolumbre (DEM-AP), que derrotou o emedebista Renan Calheiros (AL). Cid Gomes (PDT), recém-eleito para a Casa, não manifestou o seu voto.

Ainda na madrugada de sábado, o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, determinou que a votação na Casa fosse secreta. Um dia antes, em manobra conduzida pelo próprio Alcolumbre, 50 senadores aprovaram a votação aberta, medida defendida por Girão e Tasso.

Os dois senadores ajudaram a costurar desde o início um nome que fosse alternativa a Renan. O tucano, que era candidato à presidência do Senado, retirou sua postulação após discussões no plenário na sexta-feira. A saída de Tasso fortaleceu Alcolumbre, que já tinha apoio do Planalto. "Hoje nós tivemos uma vitória que muda a história do Senado dos últimos 20 anos", disse Tasso em nota. O tucano acrescentou: "Acredito que a gente vai começar um novo momento para reconstruir toda credibilidade, dignidade e respeito que o Senado merece e precisa ter".

TAGS
NULL