VERSÃO IMPRESSA

Condenação de Lula. Para oposição, Camilo sai enfraquecido

00:00 | 28/01/2018


Oposição ao Governo do Estado aposta que a condenação do ex-presidente Lula em segunda instância e sua possível saída da corrida eleitoral terá impacto negativo na candidatura de reeleição de Camilo Santana (PT). 


Análise geral é de que, sendo do PT, o governador absorveria desgaste negativo do partido decorrente do episódio. Há também o fato de que, se o ex-presidente for preso, Camilo deixaria de ter um nome forte no seu palanque.
 

“Camilo sai enfraquecido. Ele ganhou a eleição passada porque foi o 13-13. A Dilma teve 76% dos votos do Ceará. 13 lá, 13 aqui. O (senador) Eunício Oliveira (MDB) perdeu a eleição por pouca coisa. O nacional vai ter muito impacto aqui”, avalia o vice-prefeito de Maracanaú Roberto Pessoa (PR).
É no que também acredita o presidente estadual do PSDB, Francini Guedes. 

 

“Naturalmente, muita gente fica decepcionada (com o Lula)”, explica. Para o deputado federal tucano Raimundo Gomes de Matos, o maior desgaste será do partido. E destaca: “Muitos pré-candidatos, principalmente nordestinos, desejariam ter o Lula no seu palanque”.
 

Com a sentença contra Lula, a oposição também pode usar o discurso de que Camilo é do partido que tem um ex-presidente condenado. (Letícia Alves)

TAGS