PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Férias. Museus e a chance de experimentar o mundo

Cotidiano: Museus em Fortaleza reúnem obras e objetos nacionais e internacionais que contam histórias e possibilitam lazer com conhecimento nestas férias

00:00 | 10/12/2017

Visitar um museu é ter contato com coleções, imagens e objetos de várias histórias. Independentemente de qual seja o tema e a atmosfera a que se propõem, os objetos, organizados de modo a mencionar passados, têm a validade não só com o que já se foi. O presente se transforma e é (re)contado nos quadros, pinturas, objetos, fotografias. Em Fortaleza, até os causos e evoluções sobre quatro rodas têm espaço. 

Na Cidade, é possível, sim, ter acesso a importantes obras de grandes nomes do Brasil e também do Mundo. A Capital cearense é cidade turística conhecida em todo o País como lugar de diversão. Guias e catálogos das agências quase nunca, no entanto, indicam equipamentos culturais como sugestões de visita. No último mês do ano, O POVO reúne orientações sobre quatro obras para visitação em espaços de Fortaleza. É um convite para se visitar locais que falam sobre memória.  

Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará (Mauc), Espaço Cultural Unifor, Museu do Automóvel e Museu da Fotografia de Fortaleza foram percorridos. Uma obra escolhida em cada local é contada aqui. Mas ela é apenas o primeiro contato para um encontro com muitas histórias e possibilidades, como a de perceber as diferentes imagens que se moldam nos traços do Antônio Bandeira, no Espaço Cultural Unifor, ou, com calma, ver que os quadros de Raimundo Cela, no Mauc, revelam, com inquietação, questões sociais de seu tempo. Conhecer um museu é a possibilidade de passear pela Cidade, pelo Brasil ou pelo Mundo indo a apenas um lugar. 

AURÉLIO ALVES
AURÉLIO ALVES

FAVELAS EM AZUL 

ANTÔNIO BANDEIRA O trabalho Favelas em Azul, que está no Espaço Cultural Unifor, é uma das produções mais maduras do artista plástico cearense Antônio Bandeira. O quadro mostra um aglomerado de casas sobre fundo azul, com portas e telhados em amarelo, verde e azul escuro. Espaço Cultural Unifor Onde: avenida Washington Soares, 1321 Funcionamento: Terça a sexta, das 9 às 19 horas. Sábado, domingo e feriados, das 10 às 19 horas. Entrada gratuita. 

 

MATEUS DANTAS
MATEUS DANTAS
MENINA AFEGà

STEVE MCCURRY Uma das fotografias mais conhecidas em todo o planeta, a Menina Afegã tem 25 originais. Um deles está no Museu da Fotografia. A imagem foi feita após a garota Sharbat Gula perder os pais durante a invasão soviética ao Afeganistão, pelo fotógrafo Steve McCurry. Museu da Fotografia Onde: rua Frederico Borges, 545, Varjota Horário: quarta a domingo, das 12 às 17 horas Ingresso: 10 reais (inteira) e R$ 5 (meia). Quem tem mais de 60 anos e menos 18 não paga  

MATEUS DANTAS
MATEUS DANTAS
 

ROLANDO A JANGADA  

PARA A TERRA 

RAIMUNDO CELA Obra de 1941 é, na verdade, uma espécie de retrato. Raimundo Cela narra, em pintura, a história de pescadores conduzindo a jangada, voltando do oceano, lutando contra o vento. Obra clássica cearense está exposta no Museu de Arte Contemporânea da UFC. Museu de Arte da UFC (Mauc) Onde: Avenida da Universidade, 2854, Benfica Visitação: segunda a sexta, das 8 às 17 horas Entrada gratuita Informações: 3366 7481 

 

MARIANA PARENTE 

FORD A O carro Ford A, sucesso na década de 1920, funciona. De 1929, o modelo é o mais antigo e, junto com outros 49 veículos, compõe a coleção do Museu do Automóvel. O equipamento possui cadastro de automóvel de proprietários particulares. E todos os 50 carros ainda rodam. Na coleção, estão desde Limousine até Cadilac de 1980. Museu do Automóvel Onde: rua Jornalista César Magalhães, 862, Patriolino Ribeiro Visitação: de terça a domingo, das 8 às 20 horas Informações: 3273 3129 

ANGéLICA FEITOSA