VERSÃO IMPRESSA

Série A 2018. "Sem a torcida não chegaríamos", diz Chamusca

00:00 | 26/11/2017

[FOTO1][FOTO2]

Com a vitória do Ceará, contra o ABC-RN, por 1 a 0, o Vovô encerrou sua participação na Série B de forma bem-sucedida. Marcelo Chamusca, um dos grandes - talvez o maior - responsáveis pelo acesso do Alvinegro de Porangabuçu disse que a conquista com o Vovô fez sua carreira subir de patamar e afirmou que, sem o apoio da torcida, ascender à elite seria uma tarefa impossível.


“Sem a torcida não chegaríamos. Não é só vir ao estádio; é fazer o que eles fizeram aqui, hoje. Estou muito emocionado. É muito gratificante”, afirmou.


Chamusca também agradeceu a diretoria do Ceará. Segundo ele, sem a confiança dos dirigentes alvinegros, o trabalho não teria terminado com um final feliz para o Vovô. “Cheguei sob desconfiança e conquistei o acesso com a ajuda da diretoria, da comissão técnica e dos jogadores”, completou o técnico.


Marcelo Chamusca e Robinson de Castro já conversaram sobre o planejamento do Ceará para o ano que vem. Tanto o treinador quanto o presidente do clube entendem que o Alvinegro precisa evoluir para encarar a próxima temporada, com Campeonato Cearense, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série A.


Uma coisa é certa: tanto o técnico deseja permanecer como o clube quer a sua manutenção. O entrosamento entre a diretoria e comissão técnica – formada também por Roger Gouveia e Caé Cunha – é grande.

Deu liga imediatamente, não apenas por causa do acesso. (Neto Ribeiro) 

TAGS