VERSÃO IMPRESSA

Frases

00:00 | 05/11/2017

“SEU BRILHANTISMO ATRAIRÁ MUITAS PESSOAS PARA O LOCAL, O QUE CERTAMENTE COLOCARIA EM RISCO ESTAS MESMAS... AINDA MAIS, DE ARTISTA TÃO QUERIDO PELO PÚBLICO, POR INTERPRETAR CANÇÕES LINDÍSSIMAS, COM VOZ INIGUALÁVEL”


IDA INÊS DEL CID, juíza da 2ª Vara da Fazenda Pública de São Bernardo, que proibiu o show de Caetano Veloso para 8 mil famílias de sem-teto, que ocupam uma área de 70 mil m² em São Bernardo do Campo (SP). A juíza atendeu ação do Ministério Público pedindo a não realização do show


“É UM ABSURDO, É CENSURA, É ILEGAL. PARA MUITA GENTE DENTRO DO JUDICIÁRIO O PRECONCEITO VALE MAIS DO QUE A LEI”
 

GUILHERME BOULOS, coordenador do MTST
[FOTO1] 

“DÁ A IMPRESSÃO DE QUE NÃO É UM AMBIENTE PROPRIAMENTE DEMOCRÁTICO.
É A PRIMEIRA VEZ QUE SOU IMPEDIDO DE CANTAR NO PERÍODO DEMOCRÁTICO”


CAETANO VELOSO, cantor e compositor, impedido de fazer show por decisão judicial


“OFENSA NÃO É LIBERDADE DE EXPRESSÃO, É CRIME!”
 

PAULA LAVIGNE, empresária e produtora cultural, após decisão judicial determinando que o ator Alexandre Frota e lideranças ligadas ao Movimento Brasil Livre (MBL) apagassem as postagens ofensivas a ela e ao marido, o cantor Caetano Veloso, sob pena de multa diária de R$ 10 mil
 

“A ARTE É PARA SER INCENTIVADA E NÃO CENSURADA. PODE SER DEBATIDA, PODE DISCORDAR, PODE ACHAR PÉSSIMO, PODE NÃO RECOMENDAR, MAS DAÍ PROIBIR ALGO HÁ UMA DIFERENÇA GRANDE”
 

MARCELO ADNET, humorista, que está com nova temporada do seu programa Adnight Show, na TV Globo, sobre o movimento #342artes, capitaneado por Caetano Veloso e Paula Lavigne 

 

“NÃO, NÃO EXISTE ESSA POSSIBILIDADE, NÃO. DEFENDO SEMPRE RENOVAÇÃO, HÁ MUITO TEMPO. ACHO RUIM A PERPETUAÇÃO DE UMA GERAÇÃO NO PODER, TEM QUE DAR ESPAÇO A NOVAS LIDERANÇAS”
 

TASSO JEREISSATI (PSDB), senador, em entrevista ao jornalista Luiz Viana, na Rádio O POVO CBN, descartando candidatura ao Governo do Estado em 2018


“A FALA DELE (TASSO) ACABA IMPACTANDO DE FORMA NEGATIVA O TRABALHO DA OPOSIÇÃO”
 

CAPITÃO WAGNER (PR), deputado estadual, sobre a declaração de  Tasso. O Capitão acha que a fala do senador é apenas uma “estratégia”


“O PSDB PODE TRANQUILAMENTE APOIAR AS REFORMAS, SEM NECESSARIAMENTE ESTAR NO GOVERNO”
 

MARCONI PERILLO (PSDB), governador de Goiás, defendendo o desembarque do governo Temer. Perillo comunicou sua candidatura ao comando nacional do partido, em dezembro, em meio a nova tensão. Tasso também mostra disposição de entrar na disputa
“Sim, sou presidenciável”


HENRIQUE MEIRELLES (PSD), ministro da Fazenda, em entrevista à revista Veja, afirmando sua candidatura para eleições 2018
 

“DIANTE DA VIOLÊNCIA SEM LIMITE, NÃO INVESTIR EM SEGURANÇA, NÃO MUDAR O MODELO, FAZ DO GOVERNO TEMER CÚMPLICE DAS TRAGÉDIAS”


MARIA DO ROSÁRIO (PT-RS), deputada federal, após divulgação do Anuário Brasileiro da Segurança Pública, que aponta recorde de mortes violentas em 2016, com 61.689 assassinatos
 

“ATAQUES RACISTAS CONTRA PERSONALIDADES PÚBLICAS SÃO O CLÍMAX DOS RACISMOS NOSSOS DO DIA A DIA QUE OS NÃO-BRANCOS NESTE PAÍS APRENDEM A LIDAR DESDE CRIANÇAS”
 

REGINA RIBEIRO, jornalista, em seu artigo no O POVO, na última sexta-feira, 3 

[FOTO2] 

“Honestamente, não me lembro do encontro... Se me comportei como ele descreve, devo pedir-lhe as mais sinceras desculpas pelo que teria sido um comportamento de bêbado profundamente inadequado”


KEVIN SPACEY, ator, o Frank Underwood da série House of Cards, vencedor de dois Oscar, no seu Twitter, após ser acusado de assédio sexual pelo ator Anthony Rapp. O episódio teria acontecido em 1986, quando Rapp tinha 14 anos e Spacy, 26. Spacey também revelou que agora escolhe “viver como um homem gay”. A Netflix anunciou o fim da série e o motivo seria a repercussão da denúncia. A organização do Emmy cancelou a homenagem que faria ao ator. Novas denúncias surgiram contra o ator 

 

“UM SUPOSTO COMPORTAMENTO PREDATÓRIO
É CONDENÁVEL, NÃO IMPORTA A SEXUALIDADE DA PESSOA”
 

JOSH RIVERS, editor da revista britânica Gay Times. Para ele, Spacey “escolheu o momento errado para afirmar sua sexualidade” 

 

“Como é que eu vou comer, como é que eu vou beber, como é que vou calçar?"


LUISLINDA VALOIS (PSDB), ministra dos Direitos Humanos, justificando, em entrevista à Rádio Gaúcha, a petição que apresentou ao Governo Federal, reivindicando o acúmulo dos vencimentos de desembargadora aposentada com o de ministra, valores que, somados, chegariam ao vencimento bruto de R$ 61,4 mil. No documento, ela se queixa do teto constitucional do funcionalismo público, que limita seus vencimentos totais a R$ 33,7 mil. Após a repercussão, a ministra desistiu da petição 

 

“Algumas mulheres mudaram minha vida, mas quando comecei a construir minhas referências femininas tive, mesmo sendo um clichê, a Simone de Beauvoir. Talvez ela seja uma figura recorrente nas conversas, mas ela tem um valor grande para todas nós”
PITTY, cantora, em ensaio para a edição de novembro da Glamour, totalmente feita por mulheres, no rastro do projeto Glamour Powered by Women, que busca dar voz às mulheres em todos os países onde a revista é publicada 

[FOTO3] 

“Chutei o jogador errado. Inacreditável”
 

MARADONA, craque argentino que completou 57 anos na última segunda-feira. Expulso no jogo em que a Argentina perdia por 3x1 para o Brasil, Maradona relembrou que chutou Batista por erro, pois o alvo era o jogador Falcão 

 

“TENHO 70 ANOS, NUNCA PENSEI QUE FOSSE VER UM MOMENTO TÃO DESASTROSO NA POLÍTICA BRASILEIRA. NÃO IMAGINEI
QUE TERÍAMOS SITUAÇÕES DITATORIAIS OUTRA VEZ”
 

MARIETA SEVERO, atriz, a vilã de O outro lado do paraíso (Globo) 

TAGS