VERSÃO IMPRESSA

Ceará X ABC. Vovô encerra temporada com vitória

Sem tomar sustos, Ceará vence o ABC com gol de um personagem improvável, Maikon Leite, que não atuava desde a 30ª rodada. Com vitória, Vovô termina a Série B em terceiro

00:00 | 26/11/2017

[FOTO1]
O Ceará cumpriu o roteiro de “final feliz” e se despediu da Série B com uma vitória diante do rebaixado ABC, presenteando a massa alvinegra na arquibancada. O gol da vitória por 1 a 0 saiu dos pés de Maikon Leite, que deixou o banco de reservas para substituir o lesionado Cafu aos 20 minutos do segundo tempo e balançar as redes do adversário 16 minutos depois.


Com o acesso garantido na penúltima rodada, o duelo diante do ABC, válido pela 38ª rodada, se tornou meramente ilustrativo em termo de objetivo na competição. O clube potiguar também já não tinha mais nada para lutar no campeonato, após o rebaixamento ainda na 35ª rodada.


Com a bola rolando, o Ceará controlou a partida nos dois tempos, sem levar maiores sustos nas investidas do ABC. A equipe comandada por Marcelo Chamusca entrou em campo concentrada e dominou os potiguares com posse de bola no meio de campo e as ofensivas pelas pontas do campo.


A vitória na despedida da Série B garantiu ao Ceará a terceira colocação no campeonato. O América-MG foi o campeão e o Internacional-RS o vice da Segundona. O Paraná terminou em quarto.

O cara do jogo


Apesar do domínio, o Ceará falhava na última cartada de frente para gol. Foi aí que surgiu o personagem improvável da partida: Maikon Leite, que não entrava em campo desde a 30ª rodada.


No intervalo para o segundo tempo, Chamusca mudou duas peças: saíram Rafael Pereira e Lima, e entraram Tiago Alves e Roberto. O atacante Cafu, que jogou improvisado na lateral-esquerda, se lesionou sozinho ao tentar um passe e precisou ser substituído.


Para concretizar a mudança, Chamusca chamou Túlio, mas desistiu e preferiu Valdo. O técnico chegou a conversar com o zagueiro, mas também abandonou a ideia e resolveu apostar em Maikon Leite. Raul desceu para fazer a lateral-esquerda e Maikon teve a liberdade para atacar.


Contratado em setembro deste ano, o atacante não rendeu o que se projetava dele. O jogador velocista só entrou em campo somente em cinco partidas, passando em branco em todos os jogos e sendo esquecido na reserva.


Aos 36 minutos do segundo tempo, Maikon teve a bola do jogo e a chance de se redimir no Ceará. O atacante matou no peito e finalizou com estilo para balançar as redes do goleiro Edson, dando o enredo final do confronto.  

 

SÉRIE B 2017

CEARÁ 1

TÉCNICO: MARCELO CHAMUSCA
4-3-3: Everson; Richardson, Rafael Pereira
(Tiago Alves), Luiz Otávio e Cafu (Maikon Leite) ; Raul, Pedro Ken e Ricardinho; Lima (Roberto), Élton e Leandro Carvalho)

 

ABC 0
TÉCNICO:RANIELLE RIBEIRO
4-3-3: Edson, Arez, Danrlei, Tonhão e
Daniel Nazaré; Jardel, Erivélton (Jackson) e Berguinho; Fessin (Chiclete), Dalberto e Matheus (Adriano Pardal)


GOLS: 36 MIN/2T - Maikon Leite recebe cruzamento dentro da área, domina no peito e finaliza para o fundo das redes.


Local: Castelão, Fortaleza-CE
Data: 25/11/2017
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: José Reinaldo Nascimento (DF) e Daniel Henrique da Silva (DF)
Cartão amarelo: Lima (Ceará)
Gol: Maikon Leite, aos 36’, do 2º tempo
Renda: R$ 1.461.839,00
Público: 56.005 pagantes e 994 não pagantes. Total = 56.999 

LUCAS MOTA

TAGS