PUBLICIDADE
Jornal

Confiança no Leão. Jogadores reforçam discurso de que "nada está perdido"

15/10/2017 01:13:00

Na saída de campo, após a derrota de 2x1 para o CSA, na 1ª partida da final da Série C do Brasileiro, os jogadores do Fortaleza não esconderam o abatimento após o resultado negativo jogando em casa, na Arena Castelão. O atacante Hiago admitiu que o time pagou pelas falhas defensivas. Mas garantiu que o time vai de cabeça erguida para o jogo de volta, em Maceió.


“Quando a gente vacila, fica difícil reverter. Lutamos até o final. Ainda não tem nada perdido, vamos continuar lutando ainda. Da mesma maneira que eles nos venceram aqui, nós temos condições vencer lá, porque são dois times de muita qualidade que chegaram à final. Vamos com tudo para lá também”, afirmou o jogador.


O meia Leandro Lima reforçou o discurso do companheiro de time. “O jogo foi resolvido nos detalhes. Infelizmente a gente tomou o gol. Sabíamos que eles vinham para jogar no contra-ataque. Infelizmente, sofremos esses dois gols. Mas não tem nada perdido. O que a gente queria mesmo era marcar esse gol no final. Conseguimos. A gente pode buscar o resultado lá também”, ressaltou.


No jogo de volta, o Fortaleza precisa vencer por dois gols de diferença para ficar com o título ou pelo menos devolver o placar de 2x1 para levar a decisão para as cobranças de pênalti. Já o CSA tem a vantagem de jogar pelo empate e pode até perder por um 1x0 para ficar com o título. A partida de volta está marcada para o próximo sábado (21 de outubro), às 18 horas (horário cearense), no estádio Rei Pelé, em Maceió. (Bruno Balacó) 

TAGS
NULL