PUBLICIDADE
Jornal

No Castelão. Fortaleza vence Salgueiro por 1 a 0, mas ainda deixa torcida desconfiada

Leão fez o gol da vitória no início da jogo, mas não conseguiu ampliar o placar diante de um Salgueiro sem reação em campo

29/07/2017 22:00:00
NULL
NULL

[FOTO1]
No retorno ao Castelão, o Fortaleza voltou a vencer diante da torcida e precisou de menos de um minuto para decidir o jogo. O Tricolor não teve grandes problemas durante a partida, já que o Salgueiro só ensaiou pressão após o Leão ficar com dez em campo.

[SAIBAMAIS] 

Tinha torcedor ainda procurando o melhor lugar para sentar quando o Fortaleza abriu o placar. Aos 50 segundos de jogo, Lúcio Flávio aproveitou sobra de bola quase na pequena área, após cobrança de falta, e acertou um voleio.

 

Não houve comemoração do time, no entanto. O atacante caíra sobre o ombro esquerdo, o mesmo do qual se recuperou de lesão recentemente - ainda usa proteção, inclusive - e ficou estático no chão, sentindo dores. O artilheiro do Leão na temporada, com 12 gols, entretanto, voltou para o jogo após atendimento.

 

Apesar de marcar cedo, o Fortaleza não manteve pressão durante muito tempo e apesar de controlar o jogo durante os primeiros 45 minutos, deixou a desejar na parte ofensiva. Pablo, em jogadas individuais, e Everton - aproveitando passe de Lúcio Flávio-, foram os que tiveram ter chances de ampliar. Desconcentrado, o Salgueiro pouco produziu.

 

Partida morna
Acertado na segunda etapa, o time pernambucano quis mudar de postura e incomodar, mas quase sofre o segundo, em cabeçada de Paulo Sérgio, novamente cedo, aos cinco minutos. Pouco tempo depois foi a vez de Lúcio Flávio chegar um segundo atrasado para desviar o cruzamento de Bruno Melo, o que comprometeu a finalização.

 

O técnico do Fortaleza, Paulo Bonamigo, sentiu a necessidade de converter a superioridade em campo em gols e mudou a formação para jogar com três atacantes, Lançou Vinícius Pacheco e Hiago, mas teve que conter o ímpeto quando Wellington Reis foi expulso.

 

O Salgueiro até tentou pressionar com bolas paradas, mas Marcelo Boeck não fez nenhuma defesa com grau de dificuldade.

 

O placar magro foi suficiente para levar o Leão à liderança do grupo A, com 21 pontos. O Tricolor só pode ser destronado pelo CSA, se o alagoano vencer o Botafogo da Paraíba, no Rei Pelé, na tarde deste domingo.

 

SÉRIE C 2017

 

FORTALEZA 1 - 4-4-2: Marcelo Boeck, Felipe (Hiago), R. Mancha, Ligger, Bruno Melo; Wellington Reis, Adenilson, Pablo, Everton; Paulo Sérgio (Vinícius Pacheco), Lúcio Flávio (Edimar) TÉCNICO: P. BONAMIGO

 

SALGUEIRO (PE) 0 - 3-5-2: Mondragon, Ranieri, Luiz Eduardo, Rodolfo; Diego Aragão, Toty, Moreilândia (Jailton), Álvaro, Paulo Vitor (André Victor); Cássio Ortega (João Paulo), Jean TÉCNICO: E.GUIMARÃES

Local: Castelão, em Fortaleza-CE
Data: 29/7/2017
Horário: 17 horas
Árbitro: Rodrigo D´Alonso Ferreira
Assistentes: Thiaggo Americano Labes e Eli Alves Sviderski
Cartões amarelos: Wellington Reis (FOR - fora do próximo jogo), Adenilson (FOR), Paulo Sérgio (FOR), Jean (SAL), Moreilândia (SAL), Bruno Melo (FOR), João Paulo (SAL)
Cartão vermelho: Wellington Reis (FOR)
Gol: 50 segundos / 1ºT: Adenilson levanta bola para a área do Salgueiro, em cobrança de falta. A bola sobra próximo da pequena área e Lúcio Flávio finaliza de voleio.
Renda e público: Federação Cearense de Futebol alegou problema técnico para não divulgar os números.

 

BRENNO REBOUÇAS

TAGS