PUBLICIDADE
Jornal

Copa do Mundo. Quanto custa ir à Rússia em 2018

São 11 meses até 14 de junho de 2018, dia em que começa a Copa do Mundo. No verão Russo, o Brasil disputará o hexa. Saiba quanto você terá que pagar para ver!

29/07/2017 17:00:00
NULL
NULL
[FOTO1]

Falta menos de um ano para a Copa do Mundo 2018, na Rússia, mas quem pretende assistir de perto à seleção brasileira na disputa pelo hexacampeonato é bom se planejar. Uma viagem desta, com passagens aéreas, hospedagem, ingressos, alimentação e deslocamento, por apenas seis dias, por meio de agências de viagens, não sai por menos de R$ 20 mil.

[SAIBAMAIS]

No Brasil, são quatro agências de viagens oficiais da Copa, ou seja, que têm autorização para vender pacotes com ingressos: a Agaxtur Turismo, Stella Barros, MMTGapnet, Ambiental e Honour. Nenhuma delas com lojas em Fortaleza, mas que podem ser acessadas pela internet ou telefone. Na prática, este tipo de programa, chamado de hospitality, permite que o cliente tenha ingresso garantido sem depender dos sorteios do site da Federação Internacional de Futebol (Fifa). Além disso, é oferecido uma variedade de serviços como estruturas nos estádios (camarotes individuais, lounges e tendas), buffet gourmet incluso e entretenimento.


A CEO da Stella Barros, Renata Franco, explica que os diferenciais deste tipo de pacote vão além, principalmente em um país como a Rússia em que o idioma e o deslocamento podem ser um entrave para o turista. “É um evento muito grande, dependendo de onde o Brasil vai jogar, o deslocamento pode não ser tão simples”, afirmou, ressaltando que a procura já começou.


Mas é possível contratar os serviços separadamente. Na operadora de turismo CVC, por exemplo, o pacote apenas de passagens aéreas e hospedagem para seis noites pode ser contratado a partir de R$ 4,2 mil. Na Casablanca Turismo, uma das poucas agências de viagens de Fortaleza que já estão com pacotes com este foco, seis noites, com transfer, guia e city tour está a partir de R$ 7 mil.


A supervisora da Casablanca, Suane Lima, explica que quanto antes começar a se programar para este tipo de viagem, maior a economia. “Assim como a África do Sul, sede da Copa do Mundo de 2010, a Rússia não é um destino barato. Se deixar para comprar muito em cima da hora, pode ficar inviável, principalmente passagens aéreas”. Os ingressos para os jogos devem começar a ser comercializados pela Fifa neste segundo semestre e, dependendo do local e do período, podem ser comprados com preços que variam entre US$ 70 (R$ 220,16) a US$ 2.560 (R$ 8.051,46).


A competição, que ocorrerá de 14 de junho a 15 de julho, será realizada em 11 cidades-sede.

 

De olho nos gastos

 

O planejador financeiro do banco Ourinvest, Mauro Calil, explica que o primeiro passo para quem pretende fazer este tipo de viagem é colocar todos os gastos no papel e comparar preços. Passagens aéreas, hospedagem, ingressos, gastos com deslocamento e alimentação são essenciais, mas é importante também estipular previamente quanto se pretende gastar com passeios, seguro viagem e compras.

 

Feita esta conta, o ideal é levar em torno de 20% a mais para alguma emergência. “Lembrando que sempre quando se tem um grande evento como uma Copa do Mundo os preços costumam ficar mais caros e normalmente não há muita margem para barganha”.

 

Ele lembra também que as casas de câmbio na Rússia não trabalham com a moeda brasileira, por isso, é fundamental já sair do País com euro e dólar para ser convertidas em rublos russo, a moeda local. E o uso do cartão de crédito internacional deve ser usado com moderação. “Usar só em último caso, por conta das taxas”. 

 

Vale saber


Na Rússia, o preconceito em relação a homossexuais é muito forte. Em junho, a Corte Europeia de Direitos Humanos condenou o país por ter uma lei (de 2013) que veta qualquer propaganda ou material publicitário que promova ou faça alusão à homossexualidade. A norma prevê multas de até 5 mil rublos para quem “promover relações sexuais não tradicionais” entre menores de 18 anos.


As vodkas russas, reconhecidas internacionalmente por sua qualidade, podem ser adquiridas por um preço bem acessível. De acordo com a Amanda Santiago, do site Quanto custa viajar, é possível comprar uma boa vodka pelo equivalente a R$ 20.


Outra iguaria muito popular no país é o caviar. Dependendo do tipo de peixe que o originou é possível encontrar até pelo equivalente a R$ 2.


Nada de pechincha. Até pela barreira da língua, é mais difícil conseguir um desconto. Mas tradicionalmente, não costumam negociar preços, ainda mais com estrangeiros.


Na ponta do lápis


Passagens

Não há voos diretos de Fortaleza para Rússia. Uma viagem Fortaleza - Lisboa - Moscou tem duração média aproximada de 12,5 horas. E os preços vão variar dependendo do período e do tipo da passagem. Na última semana, na categoria mais econômica, o menor valor encontrado para este trecho, ida e volta, era de R$ 4.593 pela TAP e o maior era de R$ R$ 5.618 pela Luftansa.

 

Documentos

Não precisa de visto, apenas passaporte com validade superior a seis meses. Também é recomendado estar em dia com as vacinas contra sarampo, malária e febre amarela.

 

Hospedagem

Pelo site Airbnb, seguindo valores cotados na última semana, a diária de uma acomodação com localização próxima ao estádio Lujniki, onde será realizada a cerimônia de abertura da Copa no dia 14 de junho de 2018, pode variar entre R$ 32 (um quarto compartilhado) a mais de R$ 500 (casa inteira). Já a diária, nestes mesmos parâmetros de pesquisa, pelo site Trivago, varia entre R$ 89 (hostel) a R$ 1.226 (hotel).

 

Ingressos

Os ingressos ainda não começaram a ser vendidos. Mas, de acordo com o site da FIFA, os preços do primeiro lote custarão entre US$ 70 (R$ 220,16) a US$ 2.560 (R$ 8.051,46). Considerando o dólar a R$ 3,14. Os valores variam de acordo com o período da competição e a localização no estádio.

 

Clima

No período da Copa do Mundo, a Rússia estará em pleno verão, com temperaturas máximas de 25°.

 

Moeda estrangeira

A moeda oficial da Rússia é o rublo russo. A recomendação é já sair do Brasil com dólares ou euros. Conversão: 1 real = 18,95 mil rublos; 1 dólar = 59,9 mil rublos; 1 euro = 69,923 rublos.

 

Pacotes Turísticos

CVC – Pacote com aéreo saindo de Fortaleza (ida e volta), seis noites de hospedagem em hotel econômico em Moscou tem valor a partir de R$ 4.216 por pessoa. Não inclui ingressos, transfer para os jogos ou city tour.

 

Agasxtur Turismo - Pacote de seis noites é a partir de R$ 20,2 mil por pessoa em apartamento duplo (incluído impostos). Com saída de São Paulo, city tour, transfer de chegada e saída, guia acompanhante brasileiro, seguro viagem e transporte ida e volta para o jogo. Com ingresso para o jogo (hospitality), há acréscimo de R$ 2.805 por pessoa.


Casablanca Turismo – Pacote de seis noites R$ 7.044.50 com hospedagem, city tour, guia locais em espanhol e transfer chegada e partida. Sem aéreo.


Stella Barros Turismo – Pacote de seis noites em quarto duplo (cidades de S. Petersburgo e Moscou) a partir de 5.230 euros (R$ 19, 3 mil). Inclui hospedagem; transfer de chegada e saída; city tour panorâmico, transfer entre as cidades e para os jogos, seguro viagem e guia brasileiro. O ingresso para o jogo (hospitality) custa a partir de US$ 850 (R$ 2,6 mil) por partida.

 

Irna Cavalcante

TAGS