PUBLICIDADE
Jornal

Frases da semana

10/06/2017 17:00:00

 

“TERÍAMOS QUE ESPERAR ATÉ A SEMANA QUE VEM PARA ACRESCENTAR AS INFORMAÇÕES DO PALOCCI. (...) SÓ PARA MOSTRAR QUE O SEU ARGUMENTO É FALACIOSO”

GILMAR MENDES, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ironizando o ministro Herman Benjamin,

 

“EMBORA A LEGISLAÇÃO PUDESSE ME DAR GUARIDA A UMA AMPLIAÇÃO, O QUE NÃO FIZ, SERIA REALMENTE UM ARGUMENTO FALACIOSO SE EU NÃO TIVESSE ME ATIDO A ESSES PARÂMETROS”

HERMAN BENJAMIN, ao rebater o termo ‘falacioso’ 

“ESSA AÇÃO SÓ EXISTE GRAÇAS AO MEU EMPENHO, MODÉSTIA ÀS FAVAS. VOSSA EXCELÊNCIA HOJE É RELATOR E ESTÁ BRILHANDO NA TELEVISÃO DO BRASIL TODO. NESSE CASO, ME DEVE...”

GILMAR MENDES, dirigindo-se a Herman Benjamin para destacar seu papel no processo

“PREFIRO O ANONIMATO. UM JUIZ DEDICADO AOS SEUS PROCESSOS QUE NÃO TEM NENHUM GLAMOUR. ALIÁS, PROCESSO QUE SE DISCUTE, PRESIDENTE, CONDENAÇÃO DE A, B, C OU D, EM QUALQUER NATUREZA, NÃO TEM E NÃO DEVE TER NENHUM GLAMOUR PESSOAL”

HERMAN BENJAMIN, em resposta a Gilmar Mendes

“VOSSA EXCELÊNCIA TEM QUE PEDIR DESCULPAS A VOSSA EXCELÊNCIA MESMO PORQUE LIA SEU VOTO EM COMPLETO ENCANTAMENTO”

HERMAN BENJAMIN, ao ouvir o pedido de desculpas de Gilmar Mendes, que interrompeu a leitura do seu voto, no momento em que usava os argumentos de 2015 do próprio Mendes, na mesma ação, mas quando Dilma Rousseff era a presidente da República. Gilmar Mendes defendeu anteriormente a inclusão das delações, posição divergente da atual

“Eu, como juiz, recuso o papel de coveiro da prova viva. Posso até participar do velório, mas não carrego o caixão”

HERMAN BENJAMIN, sobre os crimes denunciados

“O ATAQUE À PETROBRAS NÃO É INVENÇÃO DE UM PARTIDO POLÍTICO. ALI SEMPRE ESTEVE INSTALADA UMA SITUAÇÃO, ANTES NÃO INVESTIGADA E MUITO MENOS PUNIDA, DE DRENO DOS RECURSOS PÚBLICOS”

HERMAN BENJAMIN, sustentando que as denúncias são antigas, bem anteriores ao processo no TSE

 

“NÃO ADIANTA FAZER DISCURSO PARA A PLATEIA PARA CONSTRANGER SEUS COLEGAS...TENHA RESPEITO PELO MEU VOTO. FAREMOS AS DIVERGÊNCIAS DE FORMA ELEGANTE. NÃO PRECISA SER DESELEGANTE”

ADMAR GONZAGA, ministro do TSE, para Herman Benjamin

 

“AQUI NÃO É CONSTRANGIMENTO, É ESCLARECIMENTO... NÃO VOU CONSTRANGER PORQUE OS NOSSOS VOTOS CONSTRANGEM OU NÃO A NÓS PRÓPRIOS”

HERMAN BENJAMIN ao ministro Admar Gonzaga

 

“O MANDATO NÃO PODE SER COLOCADO EM RISCO SEM UMA JUSTIFICATIVA PLAUSÍVEL E SEM OS FUNDAMENTOS DEVIDOS”

GILMAR MENDES, para quem o TSE estaria “cassando mais do que a ditadura”

 

“As ditaduras cassavam e cassam quem defende a democracia. O TSE cassa aqueles que vão contra a democracia. É uma enorme diferença”

HERMAN BENJAMIN

 

“DE QUALQUER FORMA, NÓS TEMOS QUE SER MODERADOS... ESSA É UMA INTERVENÇÃO INDEVIDA NO PROCESSO DEMOCRÁTICO ELEITORAL E NÓS TEMOS QUE SER MUITO CUIDADOSOS COM ISSO”

GILMAR MENDES

 

“NÃO PODE JULGAR SEM SE ATENTAR PARA A REALIDADE POLÍTICA QUE VIVEMOS HOJE, NÃO PODEMOS. NÓS SOMOS UMA CORTE. AVESTRUZ É QUE ENFIA A CABEÇA NO CHÃO”

LUIZ FUX, vice-presidente do TSE

“Com a medida com que me medem serão medidos e sobre eles desabe a ira do profeta”

NAPOLEÃO NUNES MAIA, ministro do TSE, no julgamento da chapa Dilma-Temer, sobre seu nome ter aparecido em delações dos donos da JBS

 

 

“EU HESITO”

JOAQUIM BARBOSA, ex-ministro do STF, que relatou do Mensalão, sobre a possibilidade de se candidatar à presidência da República, em solenidade de colocação de sua foto na galeria de ex-presidentes da Corte. Barbosa disse que já conversou com alguns partidos, mas até agora não decidiu

 

“... um negro de primeira linha vindo de um doutorado de Paris”

LUÍS ROBERTO BARROSO, ministro do STF, conhecido pelas posturas progressistas em relação ao aborto e uso de drogas, manifestando um tremendo preconceito ao tentar elogiar Barbosa, o que causou constrangimento na solenidade do STF para homenagear Barbosa, que não comentou o episódio

 

“UMA COISA QUE APRENDI NA VIDA É QUE QUANDO A GENTE COMETE UM ERRO, O MELHOR QUE SE PODE FAZER É RECONHECÊ-LO O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL... NÃO HÁ BRANCOS OU NEGROS DE PRIMEIRA LINHA, PORQUE AS PESSOAS SÃO TODAS IGUAIS EM DIGNIDADE E DIREITOS”

LUÍS ROBERTO BARROSO, em pedido de desculpas emocionado ao ex-ministro Joaquim Barbosa, por ter “involuntária e inconscientemente reforçado um estereótipo racista”

“SE ABSOLVER TEMER E DILMA, A CASA CAI”

TASSO JEREISSATI (PSDB-CE), senador, ainda durante o julgamento no TSE


“Para de ser cafona. Você é um procurador, não uma blogueira teen”

NINA LEMOS, jornalista e escritora, criticando o procurador Deltan Dallagnol, da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, que foi ao Twitter agradecer a confiança dos seus mais de 100 mil seguidores



“SÓ OS ÍNDIOS NÃO CONTACTADOS DA AMAZÔNIA NÃO SABIAM QUE A ODEBRECHT HAVIA FEITO COLABORAÇÃO PREMIADA”

HERMAN BENJAMIN, ministro do TSE, relator do processo de cassação da chapa Dilma-Temer, em petardo a Gilmar Mendes, presidente do TSE. Benjamin defendeu a inclusão nos autos da delação da Odebrecht, que traz denúncias contra a ex-presidente e o atual presidente, debate que dominou grande parte do julgamento. A maioria do TSE decidiu excluir a delação e manter Temer na na presidência

“ACHA QUE EU SOU CRETINO?”

RODRIGO JANOT, procurador-geral da República, ao ser indagado pela jornalista Mônica Bérgamo se havia solicitado ao ministro Edson Fachin a colocação de escutas telefônicas no gabinete do presidente Michel Temer

“Precisamos sentar num divã e fazer ‘mea culpa’ de nossos erros”

RICARDO FERRAÇO (PSDB-ES), senador, apelando para o tempo estirado da psicanálise na busca de solução para os problemas do partido. Ele disse os tucanos romperão com o governo Temer, mas seguirão votando a favor das reformas

 

“Se o PSDB deixar hoje a base, vai ficar muito difícil de o PMDB apoiá-los na eleição de 2018. Política é feita de reciprocidade”

ROMERO JUCÁ (PMDB-RR), senador, sobre a possibilidade de o PSDB deixar a base do governo

 

“A reforma trabalhista precariza as relações entre capital e trabalho, liquida os sindicatos, reduz a renda e o consumo, portanto, aprofunda a crise”

JOSÉ PIMENTEL (PT-CE), senador durante a votação da reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Econômicos, na terça, 6 de junho

“O Presidente e cidadão Michael Temer está sendo alvo de um rol de abusos e de agressões aos seus direitos individuais e à sua condição de mandatário da Nação que colocam em risco a prevalência do ordenamento jurídico e do próprio Estado Democrático de Direito”

TRECHO do documento 12 páginas que a defesa do presidente Michel Temer (PMDB) enviou ao STF, em resposta às 82 perguntas feitas pela Polícia Federal no inquérito que apura suspeita de corrupção passiva no caso da denuncia dos donos da JBS

“EU NÃO SEI, PORQUE SEMPRE ME PREOCUPEI COM O QUE EU GOSTO”

TAÍS ARAÚJO, atriz, no Vídeo Show, em resposta ao apresentador Otaviano Costa, que perguntou como Lázaro Ramos, marido da atriz, gostava ela usasse o cabelo. É a segunda resposta afiada e sincera de Taís em programas de entretenimento da Globo. Em maio passado, ela se recusou a comer um prato com abóbora preparado por Ana Maria Braga

“Publishers, presidentes-executivos, chefes de Redação, editores, redatores, repórteres, está na hora de arregaçarmos as mangas e sermos todos gays. E, podem acreditar, é preciso ser muito macho para ser gay neste País”

NIZAN GUANAES, publicitário, em artigo na Folha de S. Paulo, causando polêmica na comunidade LGBT por, entre outras questões, usar o conceito de macho como adjetivo

“É sensacional um empresário e influenciador do porte de Nizan Guanaes abraçar a causa gay... Mas é preciso mais que olhar de fora para querer levantar a nossa bandeira. O que faltou Nizan entender é que é preciso ser muito gay para ser gay neste País”

EMERSON MARANHÃO, jornalista, em sua coluna Cena G, publicada às sextas-feiras no O POVO

“Mas que inferno, não sai da cabeça! É a nova Macarena”

PITTY, cantora sobre o hit Des-pa-cito, do porto-riquenho Luis Fonsi. A roqueira diz que não consegue parar de cantarolar a música

“Não é o meu perfil de mulher... Não é o perfil que escolheria para namorar, casar, ter filhos”

RÔMULO NETO, ator, referindo-se a um possível relacionamento com a cantora Anitta, protagonizando mais uma dessas tretas machistas que invadem as redes sociais. Os fãs da cantora logo reagiram

“A imensa maioria de travestis, transexuais e homens trans não teve a oportunidade que eu tive, estão à margem de qualquer tutela. Reitero: morrendo apedrejadas”

GISELE ALESSANDRA SCHMIDT E SILVA, advogada trans, a primeira a fazer uma sustentação oral no STF, para defender direito de transexuais a mudarem de nome sem cirurgia. Ela diz que a transgenitalização “não é pressuposto para o exercício dos direitos da personalidade”. O julgamento foi adiado

Adriano Nogueira

TAGS