PUBLICIDADE
Jornal

Decisão do TSE. Doria: "Goste ou não, tem que respeitar"

10/06/2017 17:00:00
NULL
NULL
[FOTO1]

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), comentou na manhã deste sábado, 10, a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que livrou, na sexta-feira, o presidente Michel Temer da cassação.


"Um julgamento você tem de respeitar. Uma decisão judicial, você obedece. Não contesta nem interpreta", disse à imprensa após operação do programa Cidade Linda na Avenida dos Bandeirantes, na zona sul da capital paulista.


"Há que se reconhecer que houve uma votação, 4 a 3, esse é o resultado. Toda decisão judicial, sobretudo em instâncias maiores, você tem de obedecer, goste ou não", complementou o prefeito.


Doria passou cerca de 45 minutos da manhã deste sábado (10) instalando grades de segurança na avenida vestido com uniforme da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).


Rodrigo Maia

Quem também tem seguido caminho parecido de Doria - evitando comentar decisão do TSE - é o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Em entrevistas após julgamento da Corte eleitoral, o deputado tem dito apenas que qualquer decisão seria respeitada.

 

“Qualquer decisão que saia do TSE tem de ser respeitada (...) sempre tento não ser comentarista de decisões de outro Poder, não serei agora”, disse o deputado. (das agências)

Adriano Nogueira

TAGS