VERSÃO IMPRESSA

Contra a violência. Corredores farão protesto contra a violência na avenida Beira Mar

Assessorias esportivas organizam manifestação após episódio de assalto e agressão contra coopista na última sexta-feira, 3. Protesto ocorre no próximo sábado, 11

17:00 | 04/03/2017
[FOTO1]

Coopistas e frequentadores da avenida Beira Mar devem se reunir no próximo sábado, 11, em caminhada contra a violência. Eles pretendem prestar solidariedade às vítimas de furtos e assaltos na região. A marcha ocorre após episódio em que corredor foi agredido e teve os pertences roubados. O protesto é organizado por assessorias esportivas e está previsto para as 6 horas, no cruzamento das avenidas Rui Barbosa e Beira Mar.


A expectativa dos organizadores é de que pelo menos 500 pessoas participem do ato. “Ainda não temos o percurso definido, mas 30 assessorias já confirmaram presença. Queremos fazer uma manifestação voltada para todos que frequentam a Beira Mar”, comentou Eduardo Parente, proprietário da Limiar Assessoria Esportiva.


Na última sexta-feira, 3, o analista de sistemas Augusto Guilherme foi abordado por três criminosos enquanto fazia atividade física no calçadão. O coopista de 61 anos foi assaltado e agredido. O crime aconteceu por volta das 5h30min e a vítima foi levada a um hospital particular, depois de receber ajuda de outras pessoas que estavam na avenida.


Conforme Eduardo Parente, o trecho onde ocorreu a agressão ao coopista é “famosa” pelos assaltos. A área fica no cruzamento entre a avenida Beira Mar e a rua Tereza Hinko. “É ali perto da Estátua (da Iracema Guardiã), até o Mercado dos Peixes. Se for escolher um canto para ser assaltado, é ali”, comentou.


Reforço

A Secretaria da Segurança Pública (SSPDS) informou que equipes realizaram buscas para identificar e prender os suspeitos pelo crime na sexta-feira.

 

Na manhã deste sábado, 4, vídeo que circulou em redes sociais mostra um homem sendo retirado do mar pela Polícia Militar (PM). Ele foi acusado pela população de portar facão e tentar assaltar pessoas que caminhavam no local. O coronel Teófilo Lobo, comandante do Batalhão de Turismo da PM, informou que o suspeito foi levado ao 2º Distrito Policial, no Meireles, onde foi autuado por tentativa de assalto e porte de arma branca. Conforme a SSPDS, desde sexta-feira o policiamento na área está reforçado.

 

TAGS