VERSÃO IMPRESSA

Além da Netflix

STREAMING | O mercado tem ampliado as plataformas de acesso a conteúdos audiovisuais

01:30 | 14/04/2018


Ver um filme ou série pela internet é um hábito que caiu no gosto dos brasileiros. Pesquisa da Accenture, empresa global de consultoria de gestão, mostra que no ano passado o Brasil foi o segundo país do mundo com o maior número de visualizações em plataformas de vídeos, com mais de 11 bilhões de views mensais.

 

O Netflix é líder deste mercado. Além de um catálogo variado de filmes e séries, a empresa que estreou no País no segundo semestre de 2011 se destaca por investir em produções próprias como “House of Cards” e “Stranger Things”.

 

O surgimento de novas plataformas abriu consideravelmente o leque de opções – e preços - ao consumidor. Algumas se especializaram, por exemplo, em oferecer filmes que dificilmente estão disponíveis nas demais plataformas ou salas de cinema.

 

Para o consultor de dados, Venícius Ferreira, 23, quem sai ganhando no fim das contas é o consumidor. Ele mesmo, por exemplo, tem duas assinaturas: Netflix e Amazon Prime Vídeos. “A concorrência favorece isso. No início, assinei a Amazon pela promoção, mas depois vi que era mais conveniente ter as duas porque ganha mais opções”.

 

O POVO lista algumas opções de plataformas de streaming.

[FOTO1] 

CRACKLE

O serviço de streaming dos estúdios Sony chegou ao Brasil em 2012. No início era gratuito, mas possuía poucos títulos disponíveis. Há dois anos reformulou sua proposta, passou a ser oferecido apenas para assinantes de TV ou internet de algumas operadoras, mas em compensação ampliou consideravelmente o leque de filmes e séries de TV, como “Criminal Mind” e “Hannibal”, além de exibir produções originais como “Preacher” (FOTO), “Outsider” e “Powers”. Funciona em navegador, celular, smart tv e console de jogos.

Onde achar: www.crackle.com.br

Preço: Varia de acordo com a operadora de TV paga. Na Multiplay, por exemplo, a mensalidade é a partir de R$ 16,90.

[FOTO2] 

AMAZON PRIME VÍDEOS

Tem um catálogo de filmes bem variado e, em fevereiro, assinou contrato com a Lionsgate e Summit Entertainment, que detém títulos como “Power Rangers”, “John Wick: Um Novo Dia Para Matar”, “A Cabana”, entre outros. Também possui séries originais como “American Gods”, “The Man in the High Castle” e “Transparent” (FOTO). A conta do Amazon Prime Video permite conexão em até três dispositivos ao mesmo tempo e é possível fazer download dos vídeos para assisti-los mesmo sem conexão à internet.

Onde achar: www.primevideo.com

Preço: A partir de R$ 7,90 por mês pelos primeiros seis meses, depois passa para R$ 14,90 por mês.

[FOTO3] 

HBO GO

Oferece acesso a mais de 2.500 filmes do canal HBO, além de séries consagradas como “Família Soprano”, “The Wire”, “Westworld” e “Game of Thrones” (FOTO). Desde novembro do ano passado, é possível contratar os serviços de streaming sem a necessidade de ser assinante do canal na TV a cabo. Para isso é preciso baixar o aplicativo da HBO GO na App Store ou Play Store.

Onde achar: www.hbogo.com.br

Preços: O primeiro mês é grátis no aplicativo, depois, custa R$ 34,90 mensais. É possível ter acesso à plataforma também sendo assinante de tv paga ou de internet. Neste caso, os preços variam. Se assinar um plano de internet da Vivo, a assinatura do HBO Go sai por R$ 29,90 por mês.

[FOTO4] 

LOOKE

Plataforma brasileira que traz um catálogo de filmes estrangeiros e nacionais e séries clássicas como “Friends” e “The Mentalist”. Alguns títulos, porém, não estão disponíveis para assinantes. Os lançamentos, como “Extraordinário” (FOTO), normalmente estão disponíveis primeiro para aluguel (por 48 horas) ou para compra (por cinco anos). O conteúdo por ser acessado por dispositivos Android, iPad, Smart TV, computadores (PC e MAC), XBOX360, XBOX ONE e Windows 10.

Onde achar: www.looke.com.br

Preços: Plano mensal varia de R$ 16,90 (uma tela) a R$ 25,90 (cinco telas). Já o aluguel digital custa a partir de R$1,89 o título e a compra de R$ 14,90.

[FOTO5] 

MUBI

A proposta da plataforma, que atua também como curadoria, é oferecer um filme novo todo dia. No catálogo, de grandes clássicos do cinema a filmes premiados em festivais, como “Lost Persons Area” (FOTO) e “Marseille”. O título fica disponível por apenas 30 dias. Ou seja, todo dia um título novo entra e outro sai. É possível conectar em até cinco dispositivos e duas telas ao mesmo tempo. Disponível para PC, Mac, Android, iPhone, iPad, Apple TV e Samsung Smart TV.

Onde achar: www.mubi.com

Preços: Oferece sete dias gratuitos, depois cobra US$ 8.99 por mês

 

IRNA CAVALCANTE

TAGS