PUBLICIDADE
Jornal

Obra urbanística tem início na rua General Sampaio

|NOVO CENTRO | Intervenções devem ser concluídas ainda em fevereiro. A próxima etapa das reformas ocorre na rua Liberato Barroso

Obra inclui organização do comércio ambulante, paisagismo e pavimentação
Obra inclui organização do comércio ambulante, paisagismo e pavimentação

Intervenções de infraestrutura foram iniciadas ontem na rua General Sampaio, no Centro. As obras incluem organização do comércio ambulante, paisagismo, novo mobiliário, pavimentação, microdrenagem e internalização dos fios e cabos de energia e telecomunicações. A reforma faz parte de uma série de ações do Projeto Novo Centro. Já foram iniciadas a implantação dos tapumes, a delimitação da área de pedestres e o deslocamento de camelôs. O investimento é de R$ 4 milhões.

A arquiteta da Regional Centro, Verena Rothbrust, responsável pelo projeto, considera que a obra na rua é importante não só pelo caráter da infraestrutura, mas pela ordenação do comércio ambulante, o que facilita também o tráfego de pedestres. Segundo ela, a organização desse tipo de venda em quiosques é um "projeto único" no Brasil, cuja ideia veio de uma viagem a Bogotá, na Colômbia.

"[O objetivo é o] resgate de um bairro que é tão significativo de um aspecto histórico, a ideia é resgatar o que o tempo foi perdendo", aponta. "Hoje o Centro tem essas características frequentemente comerciais, ele está muito ativo durante o dia e muito deserto durante a noite, isso que a gente tá tentando mudar", reitera.

Na tarde de ontem o Centro estava calmo. No quarteirão entre as ruas Guilherme Rocha e Liberato Barroso, onde a intervenção está sendo realizada, havia movimento apenas dos funcionários da obra. Já haviam sido colocados tapumes em todo o trecho e trabalhadores começavam a fazer perfurações no chão. O encarregado de campo da obra, Francisco Antônio, disse que a previsão é acabar as obras na General Sampaio até o fim de fevereiro. De lá, a equipe começará a trabalhar na rua Liberato Barroso, em um trecho mais longo. A conclusão dessas intervenções está prevista para junho.

No mês passado, foi entregue a reforma da rua Guilherme Rocha, que passou pelo mesmo tipo de intervenção prevista para a General Sampaio. O Projeto Novo Centro ainda pretende realizar até agosto deste ano obras como a implantação de faixa exclusiva de ônibus e ciclofaixa nas ruas João Moreira e Castro e Silva e de um trinário na avenida Duque de Caxias, com o fluxo de carros escoando pelas ruas Pedro I e Meton de Alencar devido à inserção de faixa de ônibus na avenida.

Também fazem parte das ações previstas a reforma da Praça dos Mártires, conhecida como Passeio Público e da Praça José de Alencar, onde será construído um terminal de ônibus que substituirá o que hoje funciona na Praça da Estação. Ainda no primeiro semestre deste ano devem ser iniciadas também reformas na Cidade da Criança e na Praça José Júlio, conhecida como Praça Coração de Jesus, provenientes de pedido público por meio do projeto Você Faz Fortaleza.

HELOISA VASCONCELOS

NULL