VERSÃO IMPRESSA

Sem casos no CE há 15 anos, Capital tem corrida por vacina

Após aumento de casos no País, postos de Fortaleza têm tido longas filas de pessoas buscando imunização. Secretaria da Saúde reforça que apenas pessoas que forem viajar para áreas de risco devem tomar a vacina

01:30 | 17/01/2018

[FOTO1]

O aumento de áreas de risco de febre amarela no Brasil, anunciado pelo Ministério da Saúde, tem ocasionado alta procura pela vacina em postos de saúde de Fortaleza. Mesmo o Ceará não sendo classificado como área de surto, as cinco unidades da Capital que oferecem a imunização tiveram grandes filas durante todo o dia de ontem. 

[SAIBAMAIS]
De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), 3.500 doses já foram aplicadas nos primeiros 16 dias de janeiro. O estimado para o mês inteiro era de 2.500. “Neste mês de janeiro a gente teve um aumento tremendo por causa de vários fatores”, diz Rui Gouveia, coordenador da Célula de Atenção Primária à Saúde de Fortaleza. Entre os motivos citados, estão “a ampliação dos estados que fazem parte dessa zona de risco, a proximidade do Carnaval, que faz muitas pessoas viajarem, e outro problema é que tem muita gente de fora que vem passar férias aqui e está aproveitando para se vacinar”.
 

Gouveia reforça que há mais de 15 anos o Estado não registra nenhum caso de febre amarela. Ele alerta que somente devem procurar a imunização pessoas que forem viajar aos locais listados pelo Ministério da Saúde. Em nota, a SMS informou que, para ter acesso à vacina nas unidades referenciadas, é necessário apresentar documento de identidade, cartão de vacinação e comprovante da viagem (passagem). A imunização contra a doença tem início dez dias após aplicação da dose.
 

Também em nota, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou que o repasse da vacina contra febre amarela é feito mensalmente pelo Governo Federal. “O Ministério da Saúde repassou cinco mil doses para o Ceará no dia 8 de dezembro de 2017. A Sesa já repassou quatro mil doses de vacina para Fortaleza (duas mil doses em 3 de janeiro, mil doses em 15 de janeiro e mil doses em 16 de janeiro)”. Ao O POVO, a assessoria do ministério afirmou que as doses são enviadas conforme solicitação dos estados e avaliação.

Brasil
 

O número de casos de febre amarela avança no País. De julho de 2017 a 14 de janeiro, foram confirmados 35 casos da doença, com 20 mortes. A maior parte dos casos está concentrada em São Paulo, que contabiliza 20 infecções, com 11 óbitos. Na última semana de dezembro, o Brasil tinha quatro infecções confirmadas, com uma morte. 

 

(Com Agência Estado) 

Serviço

 

Onde se vacinar em Fortaleza
Posto de Saúde
Paulo Marcelo
R. Vinte e Cinco de Março, 607 - Centro. Telefone: (85) 3105 1455

Posto de Saúde
Carlos Ribeiro
R. Jacinto Matos, 944, Jacarecanga. Telefone: (85) 3452 6375

Centro de Saúde Escola Meireles
Av. Antônio Justa, 3113 - Meireles. Telefone: (85) 3101 1446

Posto de Saúde
Roberto Bruno
Av. Borges de Melo, 910 - Bairro de Fátima. Telefone: (85) 3227 9177

Posto de Saúde Messejana
R. Coronel Guilherme Alencar, s/n - Messejana. Telefone: (85) 3105 1562

Informações do Ministério da Saúde sobre Febre Amarela: bit.ly/msfebreamarela 

TAGS