VERSÃO IMPRESSA

Corredor Cultural da UFC deve voltar no 2º semestre de 2018

01:30 | 18/12/2017
[FOTO1]

Vias que abraçam quem as visitam. Em quatro edições neste ano, trecho da avenida da Universidade, na frente da Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), e de ruas próximas foi espaço de lazer. No lugar do movimento dos carros, vias livres para brincadeiras, apresentações culturais, feira de artesanato. O Corredor Cultural do Benfica se despediu ontem de 2017 e, a depender da aprovação de projetos e editais, deve retornar no segundo semestre do próximo ano. A expectativa para 2018 é estender a programação para outros quarteirões da avenida.


A manhã de domingo da dupla Denis Afonso, 48, e Lucas Afonso, 5, foi diferente: momento para jogar xadrez. De Messejana, Denis explica que foi ao bairro visitar a mãe e se animou para conhecer o projeto. “Uma coisa que a gente pode mostrar para eles que brincou no passado, na minha infância. Um espaço que ele tem liberdade para andar de bicicleta, correr que não vai ter problema com o trânsito”, diz o taxista.


O pequeno aprovou a visita. “Gostei de ir no pula-pula”, conta o menino, que quer voltar outras vezes.


Em parte da manhã, repertório de Belchior deu o tom do passeio, com apresentação do Coral de Vozes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). O palco também foi lugar de apresentações de dança com Dançar é Lazer e do Reisado Brincantes Cordão do Caroá, dentre outras apresentações.

Ampliação em 2018


O projeto será inscrito no edital Mecenas do Ceará e em editais do Ministério da Cultura, segundo Chico Célio, produtor executivo do Corredor. A ideia inicial, ele explica, é que o projeto percorresse todo o corredor da Avenida da Universidade até a avenida Domingos Olímpio. “Nossa intenção é interconectar os equipamentos que existem aqui. Pelo calendário da captação de recursos, vamos começar as atividades no meio do ano. Terá uma política desportiva mais forte”.

TAGS