VERSÃO IMPRESSA

Comitê vai atuar na prevenção de homicídios de adolescentes

01:30 | 21/10/2017
Foi lançado, na manhã de ontem, o Comitê Executivo Municipal pela Prevenção dos Homicídios na Adolescência (Cempha), em Fortaleza. Com objetivo de estimular políticas públicas e produção de dados sobre o assunto, o comitê contará, a priori, com integrantes do Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef) e outros 13 organismos municipais e estaduais. O grupo se reunirá bimestralmente.

 

O prefeito Roberto Cláudio e a vice-governadora do Estado Izolda Cela citaram que nem todas as causas e condicionantes dos homicídios de adolescentes são conhecidos. “Estamos vivendo uma epidemia de mortes por causas externas, sendo o trânsito e a violência as principais. Há quem tente apresentar, mas não há caminhos fáceis para resolver o problema”, apontou RC.


A articulação do Cempha contará com apoio do Unicef, que desenvolve trabalho similar em outras dez capitais. Rui Aguiar, coordenador do Unicef em Fortaleza, exemplificou o enfrentamento de conflitos sociais e a manutenção de crianças e adolescentes na escola como algumas das possíveis saídas. Além disso, para Rui, o acompanhamento individual dos casos levará à adequação de políticas públicas à realidade das famílias. (Lucas Braga/Especial para O POVO)

ADRIANO NOGUEIRA

TAGS