PUBLICIDADE
Jornal

Cearenses são homenageados em faculdade do Vale do Jaguaribe

11/10/2017 01:30:00
O jornalista e escritor Lira Neto, o economista Alci Porto e a empreendedora Maria Miguel de Oliveira — a Dona Rosinha — foram os três primeiros a receber o título de doutor honoris causa pela Faculdade do Vale do Jaguaribe (FVJ). A homenagem ocorre pelos 18 anos da instituição de ensino em Aracati (Litoral Leste). A solenidade de outorga dos títulos foi na noite de ontem, na instituição.

 

Segundo Rose Nogueira, professora e integrante da Articulação Institucional da FVJ, a melhor forma de comemorar a maioridade da FVJ é homenageando cearenses que contribuíram para o desenvolvimento do Estado. “Este é o momento em que a gente comemora com a comunidade. A gente tem que congratular com pessoas que fazem a diferença na nossa região”, disse.


Em entrevista ao O POVO, Lira Neto, hoje radicado em São Paulo, disse estar duplamente feliz pelo fato de o título vir de uma faculdade cearense. E ressaltou que Alci e Dona Rosinha “são pessoas bastante proeminentes, cada um importante dentro da sua área de atuação e com sua contribuição para o Ceará”. (Igor Magalhães/Especial para O POVO)

 

Homenageados

 

Lira Neto é jornalista e escritor. Cursou Filosofia, Letras e Jornalismo e atuou como professor. Também trabalhou nos principais jornais do Ceará. Foi, inclusive, ombudsman do O POVO. Os livros dele relatam a história de importantes personagens e episódios do País.

 

Alci Porto é diretor técnico do Sebrae. Natural de Aracati, é um importante nome na causa dos pequenos negócios. Desempenhou papel fundamental na campanha pela aprovação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas.

 

Maria Miguel de Oliveira é empreendedora de Várzea Alegre. Com as irmãs, criou a Associação Comunitária do Sítio Mocotó na qual ensina o artesanato de redes para a comunidade. Dona Rosinha ainda erradicou o analfabetismo no local. Por ter nanismo, luta contra o preconceito contra pessoas com deficiência. Ainda atua no combate à mortalidade infantil em Várzea Alegre.

Adriano Nogueira

TAGS
NULL