PUBLICIDADE
Jornal

Fechado pra carros, trecho de avenida da Cidade 2000 vira em praça

Iniciativa temporária é parte do projeto Cidade da Gente, que busca transformar área de estacionamento irregular em local de convivência

18/09/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

 

A avenida Central da Cidade 2000 é o primeiro espaço de Fortaleza a receber um tipo de intervenção viária que pretende modificar vias ocupadas irregularmente por carros com intuito de apresentar outras possibilidades de uso pela população. Desde ontem, os moradores do bairro têm oportunidade de participar de atividades culturais, oficinas e outras ações na área antes ocupada por veículos estacionados. O projeto-piloto Cidade da Gente, que se estende até o próximo dia 30, pretende escutar a opinião dos moradores para elencar soluções para o trânsito da área.

 

Além da sinalização, a avenida ganhou pinturas no asfalto, jarros de plantas e espaços para prestação de serviços à comunidade. Os moradores serão consultados, por meio de um totem digital, onde podem responder questionário sobre a nova experiência. As opiniões vão nortear as ações previstas para o espaço.

[FOTO2][FOTO3]

As mudanças antecipam parte do projeto que vai transformar a região em área de trânsito calmo.


“Este projeto é uma nova abordagem para testar mudanças no espaço público. Basicamente, a gente transforma uma área de estacionamento desordenado em uma grande praça para as pessoas experimentarem outros usos”, explicou Luís Alberto Sabóia, secretário-executivo da Conservação e dos Serviços Públicos (SCSP), ontem, no lançamento da ação.


A iniciativa se inspira em ações semelhantes implantadas em cidades como Nova Iorque, nos Estados Unidos, e em Bogotá, na Colômbia, e teve a consultoria da Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária Global, que desde 2015 orienta a Prefeitura de Fortaleza em ações de redução de mortes e feridos no trânsito.


Em visita à avenida na manhã de ontem, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) destacou a possibilidade de a população opinar sobre as intervenções. “Esse totem serve para colher sugestões e novas ideias. Com isso, a gente está incrementando a grande ideia que é dar espaço para os pedestres e para quem quer sair dos muros de casa e frequentar mais a Cidade”, disse o prefeito.


Antes da intervenção, foi feita pesquisa com os moradores do bairro acerca do trânsito na área. As informações serão comparadas com os dados colhidos durante os dias do projeto. “O entorno vai virar uma área de trânsito calmo. Com o projeto, a gente quer definir os detalhes dessa mudança”, explicou Dante Rosado, coordenador da Bloomberg em Fortaleza. Ele informou que as outras áreas da Cidade que receberão o projeto ainda serão definidas.


O morador Valdo Filho, 30 anos, levou o filho de dois anos para andar de bicicleta no espaço modificado. Antes, as diversões ocorriam no Parque do Cocó. “Eu saía de carro para fora do bairro, porque aqui não tem um espaço bom para criança brincar”, comentou. “Se fosse continuar sempre assim, daria uma vida diferente para a rua”, disse.

 

Saiba mais

 

Até o dia 30, são oferecidos os serviços de emissão de documentos, cadastro no Bilhete Único, aferição de pressão arterial e glicemia e vacinação.

 

Haverá ainda a distribuição de mudas, atividades da Bike Anjo (escola para quem quer aprender a andar de bicicleta) e oficinas.

 

As ações são realizadas com apoio da National Association of City Transportation Officials, World Resources Institute e Vital Strategies, parceiras da Iniciativa Bloomberg.

Rômulo Costa

TAGS
NULL