PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Detentos fazem tumulto após incerteza sobre pernoite de visitas

Após fuga na última segunda, os presos temiam que pernoite a ser concedido no próximo fim de semana, pelo Dia do Preso, fosse cancelado. A Sejus diz que o benefício permanece. Detentos também reclamaram a falta de televisores

01:30 | 13/09/2017
O complexo de presídios em Itaitinga reúne as CPPLs. Situação na CPPL 2, ontem, era de tensão  JULIO CAESAR
O complexo de presídios em Itaitinga reúne as CPPLs. Situação na CPPL 2, ontem, era de tensão JULIO CAESAR

 

Alegando não ter acesso total a televisores e em meio a um boato de que não haveria pernoite de visitantes no próximo fim de semana, que antecede o Dia do Preso (18 de setembro), detentos da Casa de Privação Provisória (CPPL 2), em Itaitinga (Região Metropolitana de Fortaleza), realizaram tumulto durante vistoria do Batalhão de Choque (BPChoque), ontem.

A Secretaria da Justiça (Sejus) nega o cancelamento do pernoite, mas confirma que, durante a entrada do BPChoque na CPPL 2, presos tentaram se rebelar e seis detentos saíram feridos. Fuga foi registrada na unidade na última segunda-feira, 11.

O POVO esteve em frente ao Complexo de Itaitinga, ontem à tarde, e conversou com detentos que saíam mediante habeas corpus. Um dos recém-libertos da CPPL 2 falou sobre o boato de que não haverá pernoite e disse que o BPChoque entrou na unidade para uma vistoria e os detentos se rebelaram. Eles foram contidos e colocados na área de banho de sol. Os presos feridos foram levados à enfermaria, conforme o relato.

Televisores

O preso reclamou da informação de que a Sejus teria dado benefício para que cada vivência das unidades prisionais da Região Metropolitana de Fortaleza tenha um televisor, com exceção de ruas da CPPL 2, que apresentam “problemas”. A Sejus não confirmou essa informação, mas citou que há televisores em todas as unidades.

A mãe de um detento da CPPL 3 que foi até o complexo prisional para deixar colchões que seriam usados no pernoite foi barrada porque chegou após a hora. Ela disse que imaginava que o horário da entrada seria até as 17 horas, mas era até as 16 horas. A mulher, que saiu do bairro Siqueira, em Fortaleza, planejava dormir em frente ao local para, hoje, deixar o material. Ela confirmou que na CPPL 3 existem televisores e disse que as famílias também podem levar os equipamentos para a penitenciária.

Segundo o presidente do Conselho Penitenciário, Cláudio Justa, como as unidades estão divididas por facção, os detentos não aceitam que aquela que concentra facção rival tenha benefícios que eles não tenham. Ele indica ainda que os presos passam a fazer exigências, que são atendidas, mas, quando existe o risco de perder algo por um procedimento disciplinar, rebelam-se.

CPPL 2

Segundo um agente penitenciário, que pediu para não ser identificado, só neste mês, sete tentativas de fuga foram registradas na CPPL 2. A última foi a que se consolidou, com quatro fugitivos. Já no mês passado, o agente diz que aconteceram 13 tentativas e duas fugas. A unidade é a única em que os detentos estão soltos em todas as ruas. Nas demais unidades da Região Metropolitana, os presos estão trancados. 

 

Saiba mais

Fugas

Quatro presos identificados como João Paulo Marques Soares, Richardson Franquelin Mendes, Kassiano Pereira do Nascimento e Francisco Rogério de Souza Teixeira fugiram da CPPL 2 na última segunda-feira, 11. O grupo cortou a cerca da unidade. A informação é da Sejus.

 

No fim de semana, houve tentativa de fuga na mesma unidade, impedida pelos agentes. No mês de agosto, foram 77 fugas no sistema prisional do Ceará.

JéSSIKA SISNANDO