PUBLICIDADE
Jornal

Em totens, pacientes podem avaliar postos de saúde da Capital

08/08/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

Usuários dos postos de saúde de Fortaleza agora podem classificar serviços de marcação de consultas, recebimento de remédios, realização e recebimento de exames, vacinas e o atendimento de enfermeiros, dentistas e médicos. O sistema batizado @avalie visa identificar os problemas de cada posto para resolução mais ágil. A avaliação pode ser realizada em totens instalados nas 110 unidades de saúde da Prefeitura.


Assim como o programa de avaliação de saúde do Governo do Estado, lançado no mês passado, o @avalie deve premiar as instituições municipais que se destacarem na opinião dos usuários. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS), porém, ainda estuda como a premiação será. O projeto foi lançado na manhã de ontem, no posto de saúde Anastácio Magalhães, no Rodolfo Teófilo.


Na ocasião, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) anunciou mudanças no regime de compra, na informatização do estoque e na logística de entrega de medicamentos da rede. Tudo será acompanhado do lançamento da primeira central de distribuição de medicamentos em terminais de ônibus, no dia 16, no Antônio Bezerra.


Avaliação

No fim de cada dia, resultado da avaliação dos pacientes dos postos será catalogado e disponibilizado para o gestor do posto, o da Regional e o da SMS. “Nós temos uma rede muito grande de postos. 

Quando o problema chega na gente já demorou um mês. É importante saber o que o povo acha do atendimento na ponta. A gente vai identificar os problemas, agir de forma mais rápida e permitir interação maior entre o usuário e a gestão”, explicou o prefeito Roberto Cláudio no lançamento. “Com isso a gente vai ter mais informações e mais insumos para agir”, projeta RC.

A titular da SMS, Joana Maciel, ressaltou que o paciente não precisa se identificar para a avaliação.

 

Saiba mais


Como o sistema @avalie funciona


Pontos avaliados e conceitos:

- Marcação de atendimento neste posto: profissional de saúde e sistema (fora do ar, lento, bom ou ótimo);

 

- Marcação de atendimento fora do posto: profissional de saúde e sistema (fora do ar, lento, bom ou ótimo);

 

- Imprimir cartão do SUS: profissional de saúde e sistema (fora do ar, não imprime, ilegível ou ótimo);


- Farmácia: profissional de saúde e medicamentos (todos em falta, alguns em falta, bom ou ótimo);


- Receber exame: profissional de saúde e exame (não recebi, incompleto, bom ou ótimo);


- Fazer exame: profissional de saúde e estrutura e material (não tinha, ruim, bom ou ótimo)


- Vacinação: profissional de saúde e vacinas (faltando todas, faltando algumas, com ou ótimo);


- Enfermaria: enfermeiro e material (falta de material, faltando alguns, bom ou ótimo);


- Atendimento médico: médico e estrutura e material (não tinha, ruim, bom ou ótimo);


- Atendimento dentista: dentista e estrutura e material (não tinha, ruim, bom ou ótimo).


Em todos os itens, os profissionais podem ser avaliados como não tinha, ruim, médio, bom e ótimo.

Adriano Nogueira

TAGS