PUBLICIDADE
Jornal

Pichação "proíbe" moradores de ficarem em praça

A mensagem no muro de praça da Parangaba espanta moradores e muda rotina da região

11/07/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

Pichação em muro de praça na rua Pedro Segundo — atrás do Shopping Parangaba —, mudou o dia a dia dos moradores da região. Em tinta preta sobre o fundo branco, lê-se: “Atenção. Proibido reuniões de equipes e grupos na praça. Ass: o crime. Não duvide”.


A mensagem, que é tentativa de grupos criminosos de ditar regras para a população da área, não tem autoria informada. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou, em nota, que as imagens foram repassadas aos comandantes do policiamento local para apuração dos fatos.

[QUOTE1]

Apesar de estarem em bom estado de conservação, quadra, pista de skate, bancos e parquinho para crianças permanecem vazios mesmo neste período de férias, quando as praças costumam ficar lotadas para receber adolescentes e crianças ávidas por atividades de lazer. “Pra frequentar, trazer as crianças para brincar e tudo, ninguém vem”, lamentou uma moradora. “Jogar bola na quadra só até 19 horas”, diz
outra moradora.


Em horário em que costumavam se reunir moradores na praça, à tardinha, só dá gente de passagem, na correria para chegar ou sair para o trabalho, conforme relatos de moradores que preferem não se identificar.


Assaltos e tiroteios são comuns na praça e nos arredores, de acordo com moradores do bairro. “Antes, eu colocava uma banquinha de bombom aqui. Mas todo mundo foi saindo e eu também fiquei com medo. Quem vai ficar no meio da bala?”, lamenta uma moradora. Segundo ela, a pichação foi feita em dezembro do ano passado. “E foi de repente”, citou.


Em nota, a SSPDS informou que a imagem foi encaminhada ao titular do 5° Distrito Policial (DP), que cobre o bairro, e ao comandante da Polícia Militar da região correspondente, a Área Integrada de Segurança (AIS) 5, “com o intuito de serem realizadas apurações sobre o fato”. A secretaria diz ainda que “todo material que chega ao conhecimento da Polícia Civil é investigado sem descartar nenhuma possibilidade”.


Em relação à segurança da região, a SSPDS citou que “viaturas do Policiamento Ostensivo Geral (POG) realizam patrulhamento em toda a área da Parangaba. Ação que é reforçada por duplas de policiais militares, que realizam o policiamento ostensivo a pé; e também por composições do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio)”. O órgão não informou, todavia, sobre a atuação de facções no local.


Também por meio de nota, a Regional IV, responsável pela Parangaba, informou que as pichações serão apagadas. “Importante ressaltar que as praças são áreas públicas e destinadas ao esporte e lazer, cultura e principalmente, à interação social”, afirma.

ANA RUTE RAMIRES

TAGS