PUBLICIDADE
Jornal

Bate-pronto com Edilene Oliveira

07/07/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

Edilene Oliveira, coordenadora de políticas ambientais da Seuma


OPOVO - Qual a base da Política de Desenvolvimento Urbano de Baixo Carbono?


Edilene Oliveira - Estamos trabalhando a Política de Baixo Carbono pautados na Política de Meio Ambiente. São três eixos: planejamento e gestão dos sistemas naturais, sustentabilidade e educação ambiental.

Desde 2013, Fortaleza e Recife são cidades modelo do Iclei (associação de governos dedicados ao desenvolvimento sustentável) e, até 2016, houve capacitação e intercâmbio com outras experiências internacionais.

Recebemos este apoio institucional, de onde também saíram dois aplicativos para que a população consiga medir sua pegada de carbono e pegada hídrica Fortaleza (o quanto é consumido).


OP - Quais os benefícios destes levantamentos ambientais?


Edilene - Além de melhorar as políticas e apontar onde precisamos melhorar, faz com que Fortaleza se habilite a receber recursos. Acabamos de passar por auditoria em Meio Ambiente que faz com que Fortaleza receba os 2% do ICMS destinados ao município, por exemplo. É necessário alcançar esse número para garantir o aporte financeiro. Fortaleza está se capacitando tecnicamente para captar recursos e trabalhando para ficar no topo dos rankings.

Adriano Nogueira

TAGS