PUBLICIDADE
Jornal

Ponte dos Ingleses padece com degradação

Equipamento necessita de cuidados. Gestão da ponte está sendo transferida para a Prefeitura de Fortaleza

14/06/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]
A Ponte dos Ingleses, na Praia de Iracema, está em processo de transição. Com gestão do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur), a ponte deve passar para a gestão municipal, sob responsabilidade da Secretaria Regional 2. Não há prazo previsto para a transição ser concluída. Enquanto isso, o espaço conhecido pela população como Ponte Metálica está em processo de degradação.

[SAIBAMAIS] 

Os problemas da Ponte dos Ingleses começam antes mesmo de se colocar os pés na madeira que cobre as águas. Basta pisar no calçadão para verificar como ele está danificado: em vários pontos, buracos dão lugar ao piso. Na medida em que faltam pedras, sobra lixo. Já na ponte, o mau cheiro predomina. Odor de urina ocupa os quiosques. Parte da madeira se movimenta com as pisadas, como se soltas estivessem. Tapumes cobrem buracos no chão. E, além da tinta descascando no guarda-corpo, as pichações sujam o local.


Reforma

A última reforma na ponte foi feita há cinco anos, em 2012. “Tão bonito que era aqui. A vista não mudou, não. Continua maravilhosa. Mas a situação é de dar dó”, lamenta a estudante Jenifer da Silva, 21. “Vir aqui está ficando ruim. É o mau cheiro e o perigo que afastam”, confessa, lembrando que já se aproxima o mês de férias.

 

Dario, 5, corre sob o olhar atento do pai, Kleber da Costa Lopes, 33 em cima da estrutura da ponte. “Está estragado, tudo condenado. Quando eu era solteiro, trazia a mãe dele para namorar aqui na ponte. Hoje não tem inspiração”, reclama o bancário.


A assessoria de imprensa da Setur informou, em nota, que no fim do ano passado realizou reparos mais imediatos, como pintura e melhorias no piso. “A Ponte dos Ingleses é um ícone de extrema importância para o turismo de Fortaleza, mas sofre muito desgaste pela ação da força do mar, por causa da maresia e também pelo vandalismo”, diz a nota.

ANGÉLICA FEITOSA

TAGS