PUBLICIDADE
Jornal

Blogueiro é morto a tiros na porta de casa em Aquiraz

Luís Gustavo foi alvejado com pelo menos dez disparos de arma de fogo. Polícia Civil apura se crime está relacionado à atividade do jovem, que divulgava crimes ocorridos na Cidade

16/06/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

O blogueiro Luís Gustavo da Silva, de 26 anos, foi executado com cerca de dez tiros, na noite da última quarta-feira, 14, no município de Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Conhecido como Guga, o jovem administrava uma página na internet na qual divulgava notícias da região, sobretudo as ocorrências criminais. A Polícia Civil investiga se o assassinato dele está relacionado à atividade que ele exercia.

 

Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o crime aconteceu por volta das 21h30min, na localidade de Piau. Luís Gustavo foi surpreendido por dois homens armados, que efetuaram vários disparos e fugiram. O POVO apurou que a vítima chegava em casa com a companheira, de motocicleta, e foi atacado antes mesmo de adentrar a residência, na rua Portelinha.


“Com certeza foram mais de 10 tiros, no tórax e na cabeça. No corpo dele ficaram mais de 17 marcas de perfuração. Além disso, os criminosos mandaram a mulher dele se afastar e atiraram. São vários sinais de que foi uma execução. Acreditamos que o caso esteja, de fato, ligado ao trabalho dele”, afirmou um policial do Município, que pediu para não ser identificado.


O agente acredita que a ação tenha sido uma retaliação às divulgações feitas por Guga. “Ele sempre gostava de comparecer nos locais de crime e sabia de muitas coisas relacionadas à criminalidade da região, muitas vezes até primeiro que a gente. Ele se expunha muito, de certa forma”, completou o policial.

 

Morte de adolescente

Apenas duas horas antes de ser morto, Gustavo havia publicado informações sobre a morte de um adolescente de 17 anos, também executado a tiros por dois criminosos, no bairro Gruta, em Aquiraz. Conforme relatório da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), tratava-se de José Yuri Sanguinetti da Costa. Ele foi morto às 19h30min, na rua Raimunda Borges.

 

Na publicação, Gustavo detalhou que o adolescente havia sido “alvejado a tiros e ainda foi golpeado com uma pedrada na cabeça”. A Polícia investiga se ambos os crimes, de ações semelhantes, estão interligados. Entretanto, a suspeita é que a morte de Gustavo esteja relaciona à divulgação da prisão de um grupo que seria ligado a uma das facções criminosas com atuação no Estado.


“É um grupo muito audacioso, formado no Conjunto Palmeiras, em Fortaleza. E como Aquiraz tem uma dimensão territorial muito grande, muitas facções estão tentando se instalar aqui”, afirmou a fonte ouvida pelo O POVO.


A SSPDS informou que equipes de policiais civis e da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) realizaram os primeiros levantamentos e os inquéritos foram instaurados. As ocorrências, apesar de terem sido atendidas pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), serão investigadas pela Delegacia Metropolitana de Aquiraz.


Atuação

Nas redes sociais, Gustavo se apresentava como analista de marketing, blogueiro e radialista. Trabalhou como assessor na Prefeitura de Aquiraz durante a gestão de Antônio Fernando Freitas Guimarães pelo PSB, eleito em 2012. Também foi assessor parlamentar na Assembleia Legislativa do Ceará (AL). Depois, passou a se dedicar ao blog De Olho em Aquiraz, onde fazia diversas denúncias sobre problemas do Município. Ele foi velado e sepultado ontem.

TAGS